Publicidade

The Boys: Verdade sobre grande personagem vai deixar fãs chocados

Publicado por Guilherme Coral

05/10/2020 12:08

Alerta de spoilers!

A segunda temporada de The Boys desenvolveu uma grande proximidade entre a Tempesta (Stormfront) e o Capitão Pátria (Homelander), mas pode esconder um sinistro segredo sobre a relação entre os dois. Eles podem ser mãe e filho.

Nos quadrinhos de The Boys, o Capitão Pátria é criado a partir do material genético do Tempesta (que é homem nas HQs). Ele não chega a ser um clone, mas a Vought fez uso do DNA do “herói” nazista para criar o super perfeito.

Na série, a Tempesta é mulher e já adotou outras identidades antes de reaparecer como sua nova persona popular. Considerando os claros problemas que o Capitão Pátria desenvolveu por não ter mãe, é possível que seu arco seja aprofundado com a revelação de que a Tempesta é sua mãe.

De fato, tanto a primeira, quanto a segunda temporada têm desenvolvido esse aspecto do super – tivemos as cenas com o leite, ele fazendo sexo com uma recriação da pessoa quem enxergava como mãe, além dele próprio admitir que tem problemas por nunca ter tido uma mãe presente.

Considerando que a Tempesta e a Vought buscaram criar o super-herói perfeito com o Capitão Pátria, e que ela certamente tem idade para ser sua mãe, é possível que ela seja revelada como a mãe do Capitão Pátria.

Provavelmente saberemos a verdade quando o capítulo final da segunda temporada de The Boys for lançado, no dia 8 de outubro de 2020.

Fraqueza surpreendente

O sétimo episódio da segunda temporada de The Boys quase matou Starlight por meio de Black Noir, mas ela foi salva de última hora pela Rainha Maeve. Agora, o criador da série falou sobre a surpreendente fraqueza do super-herói misterioso.

Conforme vemos no episódio, a Rainha Maeve neutraliza Black Noir colocando uma barra de chocolate com amêndoas em sua boca. Logo em seguida, ela revela que o mortal super é alérgico a amêndoas.

Em entrevista ao IGN, Eric Kripke disse que esse ponto fraco do herói foi criado a partir de uma alergia do próprio ator, Nathan Mitchell, que vive o personagem.

“É, nós inventamos isso. Os atores e eu estávamos na Comic-Con promovendo a primeira temporada, e Nathan Mitchell, o ator que vive Black Noir, tem uma alergia bem severa a amêndoas”.

“E Karl [Urban, o Billy] começou a rir e disse, ‘você deveria tornar isso a kryptonita do Black Noir’. E minha resposta foi, ‘isso é uma brilhante ideia’”, disse o showrunner e criador de The Boys.

Kripke continuou falando sobre a ironia da cena, que a torna tão imprevisível.

“Todo mundo acha que a fraqueza de um super-herói vai ser algo realmente exótico, e acho que engraçado que é algo muito comum, que acaba sendo a kryptonita de milhares de pessoas”.

“Se você lembrar quando ele vai para a análise de crimes no quarto episódio, e Anika, a funcionária de lá, está comendo uma barra de chocolate com amêndoas, e ele segura a lata de lixo, tipo, ‘jogue esse negócio fora!’”.

O que a série não deixou claro é se Black Noir efetivamente morreu nessa cena, mas provavelmente não. Isso pode significar, no entanto, que há uma grande diferença em relação aos quadrinhos.

Os novos episódios de The Boys chegam à Amazon Prime Video às quintas-feiras, na parte da noite. A 2ª temporada atualmente está em exibição.

Publicidade