Veja cena incrível de The Walking Dead que precisou ser cortada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Contém spoilers!

Os fãs de The Walking Dead estavam esperando desde abril para assistir “A Certain Doom” – o ansiosamente aguardado final da décima temporada -, depois que a pandemia de coronavírus interrompeu sua produção.

Desde então, a AMC anunciou que o seriado de terror pós-apocalíptico terminará após a décima primeira temporada, uma série derivada centrada em Daryl e Carol está em desenvolvimento e haverá uma “ponte” de seis episódios entre a décima temporada e a décima primeira temporada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, a produtora Angela Kang conversou sobre como a pandemia de coronavírus afetou o encerramento da décima temporada de The Walking Dead, bem como os próximos capítulos adicionais.

Planos descartados

“Estávamos escrevendo profundamente a décima primeira temporada e estávamos planejando uma grande abertura da temporada, como sempre fazemos, com centenas de zumbis e pessoas, batendo nos rostos uns dos outros”, disse ela ao Digital Spy recentemente.

“Ficou muito claro que não era realmente viável, inteligente ou responsável filmar isso logo no começo, em meio a tudo que estava acontecendo.”

“Então, o estúdio nos pediu para fazer algumas histórias que pudessem se estender para além da décima temporada e fazer uma ponte entre o que havia sido nosso final planejado e onde queremos continuar na próxima temporada.”

The Walking Dead é bem versada em chocar espectadores e empregar “cliffhangers”, no entanto, tende a usar essas táticas em torno do ponto do meio da temporada em vez de no encerramento da temporada.

“A Certain Doom” rouba alguns desses truques e corta para uma tela preta assim que Eugene (Josh McDermitt), Yumiko (Eleanor Matsuura), Princesa (Paola Lázaro) e Ezekiel (Khary Payton) encontram o Império – mais precisamente, seu exército.

A rede de comunidades desempenha um papel significativo nos quadrinhos, e sua introdução nos domínios da série tem sido indicada por um tempo, então terminar as coisas abruptamente assim que os fãs dão uma olhada pela primeira vez é uma maneira infalível de deixá-los preparados para o que está por vir.

“Os episódios são projetados para ter menos pessoas por episódio”, Kang continuou, mencionando os seis episódios extras.

“Nós realmente mergulhamos profundamente nos personagens. Eles meio que surgiram das circunstâncias que o mundo está enfrentando, mas de uma forma criativa, nós realmente gostamos do desafio.”

“O primeiro episódio da ‘ponte’ é, para mim, o episódio mais empolgante de The Walking Dead que já li”, disse Lauren Cohan, cuja personagem Maggie Rhee fez um retorno no final da décima temporada.

“Fiquei apavorada. Eu pensei: ‘Certo, isso é incrível.’ Essas restrições com a pandemia de coronavírus estão criando episódios realmente assustadores. É muito detalhado. Estou prestes a estragar algo, mas sim, é muito bom.”

The Walking Dead só deve voltar à TV com novos episódios em 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio