A Maldição da Mansão Bly faz grande revelação logo no início e fãs não percebem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alerta de spoilers!

A reviravolta em relação à identidade da narradora de A Maldição da Mansão Bly é uma das mais tristes da série da Netflix, mas o que muitos não perceberam é que a revelação foi feita logo no primeiro episódio da temporada.

O casamento de Flora no episódio final da série revelou quem sobreviveu e quem eles são no presente. Jamie é a narradora e ela contava a história de Dani o tempo todo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O que é interessante, contudo, é que quando a Jamie mais velha, vivida por Carla Gugino, apareceu no primeiro episódio, ela vestia um colar dourado.

Quando a jovem Jamie aparece na cozinha, mais tarde, ela usa o mesmo colar, apontando que ela é a real narradora da série.

Trata-se de um detalhe muito fácil de se perder, mas que mostra a atenção aos detalhes por parte da produção da série.

Está viva ou não?

O final de A Maldição da Mansão Bly deixou em aberto se Dani está viva, ou não. A atriz Victoria Pedretti, contudo, deu uma resposta mais definitiva acerca desse desfecho.

A cena final mostra a mão de Dani confortando Jamie, enquanto dormia. Em entrevista ao Collider (via matéria de Lucas Hill-Paul, do Express), a atriz da série da Netflix comentou sobre esse final ambíguo.

“É um desejo. É uma memória. Da mesma forma como as pessoas que amamos continuam conosco, deixam uma marca”.

Com isso, ela deixou bem claro que a personagem está, de fato, morta. Mas não se trata de um fantasma no fim, e sim uma forma de Jamie imaginar a amada.

Um final bastante poético e melancólico, que combina com o que foi apresentado durante A Maldição da Mansão Bly.

A Maldição da Mansão Bly está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio