Ator de Supernatural quase pegou fogo na série

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alerta de spoilers!

Castiel é um dos personagens mais queridos de Supernatural e permaneceu praticamente até o fim das aventuras dos irmãos Winchester. Agora, o ator Misha Collins revelou que quase pegou fogo ao gravar a sua cena de introdução na quarta temporada.

A cena em questão mostra Castiel entrando no celeiro, enquanto faíscas das luzes queimadas caem sobre ele, tudo enquanto leva tiros sem nem pestanejar. A cena foi gravada usando efeitos práticos e quase deu muito errado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista a Vlada Gelman, do TV Line, Misha Collins lembrou sobre como quase pegou fogo durante essa sequência.

“Tinham rojões no meu corpo e eles estavam explodindo e eu não deveria reagir de qualquer forma”.

“É como um tiro, é bem perturbador. Eu estava tentando não reagir a tiros disparados no meu corpo e foi muito difícil”.

“Ainda tinham essas faíscas saindo das luzes. Eles umedeceram meu cabelo para não pegar fogo, mas lembro das faíscas caindo na minha cabeça e estava doendo, mas eu tentava não reagir a isso. Então o diretor Kim Manners me disse: ‘Vamos novamente, e tente não chiar tanto”.

Realmente não deve ter sido tão fácil gravar essa cena de Supernatural. Ao menos, no fim, deu tudo certo. Veja o momento em questão da série, abaixo.

Final alternativo

Supernatural não agradou todos os fãs com seu desfecho, mas parece que ele teria sido muito pior caso o criador da série, Eric Kripke, ainda estivesse no comando.

Conforme matéria de Samantha Highfill, da EW, Kripke chegou a conversar sobre o desfecho de Supernatural com Jensen Ackles, o Dean, e os showrunner Andrew Dabb e Bob Singer.

“Eu conversei bastante com Jensen sobre isso e também conversei muito com Andrew e Bob e acho que esse é o melhor final possível para a série. Foi interessante, eles me apresentaram e pensei nele por alguns dias e admito que fiquei pensando se havia algum outro final que eu poderia apresentar de volta que fosse melhor”.

“Passei alguns dias seguindo algumas linhas de raciocínio e não consegui pensar em nada melhor. Então voltei e falei, ‘gente, acho que esse é o final certo’. Há substância nele, mas também é emocionante, acho que há uma energia positiva nele”.

Kripke, então, falou sobre sua versão bem sombria para o final de Supernatural, admitindo que os fãs odiariam.

“Posso assegurar os fãs que meu desfecho seria muito mais sombrio do que eles fizeram, então para todos que dizem, ‘Kripke deveria ter terminado a série’, eu responde, ‘você odiaria meu final!’. Porque seria um final de filme de terror”.

Infelizmente, Kripke não entrou em detalhes sobre o seu final de Supernatural. Mas quem sabe um dia ouviremos falar sobre sua versão. Considerando que Eric Kripke atualmente é o showrunner de The Boys, da Amazon, conseguimos imaginar algumas coisas bem sombrias.

No Brasil, Supernatural está disponível em serviços de streaming como Amazon Prime Video e Globoplay.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio