Cenas mais pesadas e polêmica: Série rivaliza com 365 DNI da Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lançada recentemente pela Hulu, a série A Teacher está causando grandes discussões e debates ao retratar um tema extremamente desconfortável. A produção é protagonizada por Kate Mara (American Horror Story, Quarteto Fantástico) e Nick Robinson (Com Amor: Simon, Jurassic World).

A Teacher acompanha a história de Claire, uma professora de ensino médio que se envolve em um relacionamento extremamente inadequado e ilegal com um de seus alunos, Eric.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por se tratar de uma série que fala de um assunto bastante delicado – a sedução de menores de idade por pessoas em posições de poder – a produção conta com inúmeras cenas desconfortáveis e perturbadoras, muito mais do que a “pornografia” de 365 DNI, polêmico filme da Netflix.

Confira abaixo tudo sobre a grande polêmica causada pelas cenas mais íntimas!

Controvérsia

Primeiramente, vale salientar que nenhum dos envolvidos em A Teacher é menor de idade. Kate Mara, intérprete da professora, tem 37 anos. Nick Robinson, embora interprete um estudante de ensino médio, tem 27 anos.

Em uma entrevista ao site Entertainment Weekly, a atriz falou sobre a gravação das cenas mais pesadas, e discutiu como os atores se prepararam para contar uma história tão incômoda.

“Tivemos algumas semanas para ensaiar, e com isso pudemos discutir a dinâmica dos nossos personagens e concluir como seria nossa preparação para a filmagem das cenas mais difíceis. Sempre me senti muito confortável com o Nick, e desde o início tivemos uma grande confiança mútua”, contou Mara.

Mesmo assim, a série vem sendo comparada por alguns internautas ao polêmico Lindinhas, filme da Netflix acusado de glamourizar a pedofilia e sexualizar menores de idade.

Em uma entrevista a uma revista britânica, Kate Mara afirmou que romantizar o abuso sexual nunca foi a intenção dos produtores de A Teacher, muito pelo contrário.

“É claro que não estamos tentando glamourizar esse tipo de situação, o que queremos é trazer à luz esse assunto tão pouco comentado. A sexualidade feminina sempre assusta as pessoas, e acho que ninguém está acostumado a ver uma mulher no papel de abusadora. E esclarecer que existem mulher abusadoras na vida real é extremamente importante”, contou a atriz.

A Teacher é baseada no filme de mesmo nome, lançado em 2013 e produzido por Hannah Fidell, que também atua como roteirista e showrunner da nova produção da Hulu.

Sobre a gravação em si das cenas de sexo, Kate Mara afirmou que a química e confiança com Nick Robinson foi essencial e deixou tudo mais fácil.

“Tivemos algumas semanas para ensaiar, e com isso pudemos discutir a dinâmica dos nossos personagens e concluir como seria nossa preparação para a filmagem das cenas mais difíceis. Sempre me senti muito confortável com o Nick, e desde o início tivemos uma grande confiança mútua”, contou Mara.

A Teacher está disponível no Hulu. No Brasil, 365 DNI está na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio