O quarto episódio da quarta temporada de Young Sheldon cria um problema para The Big Bang Theory, especificamente no que diz respeito à canção Soft Kitty.

No episódio da série derivada, Sheldon se machuca enquanto aprende a andar de bicicleta e acaba cantando Soft Kitty para si mesmo a fim de se acalmar. Isso, contudo, gera um furo de roteiro em The Big Bang Theory.

Na terceira temporada da série principal, Penny pede para Sheldon cantar para ela a canção depois de escorregar e deslocar o ombro. Sheldon, contudo, insiste que a canção pode ser cantada apenas para pessoas doentes e Penny não estava doente.


Penny, no entanto, convence Sheldon a cantar depois de muita argumentação. Mas até então, sua crença é que Soft Kitty era destinada a pessoas adoecidas.

Assim sendo, em Young Sheldon, ele não poderia ter cantado a música para si mesmo. Um pequeno furo.

Salário astronômico

A extrema popularidade de The Big Bang Theory realmente catapultou a carreira de seus atores ao estrelato. Com isso, todos do elenco principal conseguiram salários astronômicos. O que muitos não sabem, contudo, é o que esses ganhos significaram para eles.

Conforme aponta a Forbes (via Lane Pevens, do The Things), Jim Parsons acabou se tornando o ator mais bem pago da televisão, não por um ano apenas, mas por quatro anos seguidos.

O intérprete de Sheldon na série de comédia faturou US$ 26,5 milhões somente no ano fiscal de 2018.

Além disso, seu colega de elenco, Johnny Galecki, o Leonard, ficou sem segundo lugar na lista de atores mais bem pagos em 2018.

Vale lembrar que eles já ganhavam US$ 1 milhão por episódio na época. Certamente, todos eles já poderiam se aposentar caso quisessem.