Grey’s Anatomy: Polêmica decisão de Karev é enfim explicada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cada temporada de Grey’s Anatomy contém muitos choques para os fãs, mas poucos recentes foram tão grandes quanto a revelação de que o membro do elenco original Justin Chambers decidiu deixar seu papel de Alex Karev para trás durante a décima sexta temporada.

A notícia significa que os escritores tiveram que se apressar e encontrar uma maneira de remover Alex da série, e vendo como muitos personagens principais foram simplesmente descartados de forma mortal, os espectadores pensaram que ele seria morto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas, esse não foi o caso, e agora a produtora contou por que eles não mataram Alex quando Chambers saiu. Alex cresceu tremendamente como personagem ao longo de suas quinze temporadas e meia em Grey’s Anatomy, que incluiu o que parecia ser um forte casamento com Jo.

Mas, quando Justin Chambers decidiu deixar o drama médico, a produtora Krista Vernoff e sua equipe decidiram fazer Alex abandonar Jo (totalmente fora da tela) por seu antigo amor, Izzie, o que irritou muitos fãs ao extremo.

Vernoff conversou com a Variety recentemente sobre a decisão de deixar Alex viver e disse o seguinte:

“Além de não querer fazer os atores passarem por um luto prolongado, eu não queria colocar os personagens em outro luto prolongado. E isso foi provavelmente o mais significativo. Não quero que Meredith Gray perca Alex Karev para a morte. Eu não quero ver isso! Eu não aguento!”

Saída controversa

Assistir todos os personagens que eram mais importantes para ele lerem as cartas que escreveu explicando que não voltaria para Seattle foi um desastre incrível na época, mas os fãs também perceberam que a morte não parecia uma forma satisfatória de solução para o problema de Justin Chambers.

Alex e Jo estavam casados ​​há pouco tempo, mas o romance começou várias temporadas antes. Os dois haviam passado por alguns altos e baixos, mas conseguiram, os fãs pensaram, sair do outro lado com uma esperança combinada para seu futuro.

No episódio de despedida de Alex, ele disse à esposa, por carta, que a estava trocando por Izzie, que descobrira recentemente que tinha filhos com a ajuda de embriões congelados. E isso aconteceu depois que Alex saiu da cidade, alegando estar visitando sua mãe, vários episódios antes e não fez contato com Jo antes de enviar aquela carta.

Segundo Krista Vernoff, essa opção permitiu à série deixar os personagens tristes, confusos e até mesmo revoltados com a saída de Alex de forma abrupta e definitiva, sem chover luto mais prolongado sobre eles ou os atores que os interpretam.

Jo teve sua cota de pesar, tendo até retornado de uma estada prolongada em uma clínica de saúde mental não muito antes de Alex deixar a cidade. E Meredith e Alex eram melhores amigos, mas ela já havia perdido seu marido, mãe, pai, irmã e outros amados colegas de trabalho para a morte.

Faz algum sentido que Vernoff e sua equipe não achassem certo fazer isso com ela novamente. Vernoff disse que os escritores de Grey’s Anatomy também estavam pensando no público ao fazer a escolha de deixar Alex vivo, vendo como suas histórias e crescimento se tornaram tão importantes para o programa e os espectadores, observando:

“E eu não queria que o público passasse por isto. Esse personagem era muito sagrado. E a dor coletiva neste mundo e neste país agora é muito intensa.”

Honestamente, você não ficaria muito mais chateado se Alex fosse visitar sua mãe e morresse repentinamente fora das câmeras em um acidente sem sentido ou estivesse tendo seus próprios problemas de saúde mental, não contasse a Jo ou Meredith e cometesse suicídio sem que víssemos?

Tê-lo saindo para ficar com Izzie e seus filhos em crescimento não foi bom, mas o trouxe de volta ao primeiro amor e à vida que ele sempre quis ter desde que ele mesmo era criança.

No Brasil, Grey’s Anatomy está disponível em serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video e Globoplay.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio