Publicidade

Passou da hora de acabar? Veja por que La Casa de Papel está pior

Publicado por Alexandre Guglielmelli

11/11/2020 22:00

La Casa de Papel é a série de língua espanhola mais popular da Netflix. No Brasil, a produção se tornou um verdadeiro fenômeno cultural, inspirando fantasias, músicas e muito mais.

A quarta temporada de La Casa de Papel já chegou à Netflix. Neste ano, milhões de pessoas correram para maratonar os episódios, que corresponderam (e até superaram) as expectativas de muita gente.

Recentemente, a Netflix confirmou que a quinta temporada da série será a última, o que deixou fãs ainda mais ansiosos pelo destino dos personagens.

Enquanto a nova temporada não estreia, fãs usam as redes sociais para a discussão das tramas mais importantes. Segundo vários espectadores, a qualidade da produção decaiu muito desde a segunda temporada.

Confira abaixo alguns dos motivos citados pelos fãs!

Timing das mortes

A morte de Nairóbi deixou muitos fãs de La Casa de Papel revoltados. A maneira como a personagem morreu também foi apontada como desnecessária e anticlimática.

Quando Nairóbi é atingida por um tiro enquanto tenta espionar a Inspetora Sierra, sua vida é salva por uma cirurgia. Tudo isso acontece apenas para a personagem ser morta por Gandia. Seria mais interessante o desfecho original, no qual Nairóbi morreria em um resultado direto das ações de Sierra, uma antagonista mais inteligente.

Quantidade ou qualidade

A partir da terceira temporada, La Casa de Papel passou a se preocupar mais com o estilo, a fotografia e os cenários do que com a trama propriamente dita.

Por isso, na opinião de muitos fãs, o enredo de La Casa de Papel se tornou forçado e extremamente arrastado. Tramas demoram muito para serem concluídas, e muitos personagens parecem simplesmente não ter o que fazer.

A volta de Berlim

Quando os produtores de La Casa de Papel anunciaram que Berlim retornaria, muitos fãs acreditaram que o personagem não havia morrido de verdade. Para a tristeza desses espectadores, Berlim retornou apenas em flashbacks.

Embora as cenas ajudem a expandir a história do personagem, elas simplesmente não foram tão importantes ou encantadoras como as outras tramas de Berlim.

Reunião

A segunda temporada de La Casa de Papel termina de maneira brilhante. A maioria dos assaltantes inicia uma vida de luxo e opulência. Três anos depois, o grupo é forçado a entrar em mais uma aventura, desta vez para resgatar Rio.

O motivo não parece forte o suficiente para unir toda a equipe novamente, já que Rio só foi rastreado pelo governo quando usou seu telefone para entrar em contato com Tokyo.

Os erros do Professor

Desde os primeiros episódios de La Casa de Papel, o Professor conquistou os fãs por sua extrema inteligência e atenção aos detalhes. O personagem estava sempre a um passo à frente do governo, e por isso se tornou um protagonista excelente.

Na quarta temporada, é revelado que o Professor deixou para trás suas impressões digitais em um carro e que posteriormente elas foram encontradas pela polícia. Esse e outros erros deixaram muitos fãs revoltados com a “quebra do personagem”.

A nova temporada de La Casa de Papel ainda não tem data para estrear

Publicidade