The Crown cortou casamento de Charles e Diana; veja o REAL motivo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Houve muitos grandes casamentos reais ao longo dos anos, mas nenhum deles pode se comparar às núpcias da Princesa Diana e do Príncipe Charles.

O casamento foi assistido globalmente por 750 milhões de pessoas – incluindo 2 milhões de fãs que inundaram as ruas. Foi indiscutivelmente um dos os eventos mais emblemáticos da história real. Então, por que não foi apresentado na quarta temporada de The Crown?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para ser justo, o seriado abençoou os fãs com um momento do vestido de casamento da Princesa Diana, e os figurinistas recriaram totalmente seu vestido de seda de Elizabeth e David Emanuel com sua lendária cauda de 25 pés.

Além disso, damos uma olhada no ensaio de Charles e Diana! Mas ainda assim, o episódio do casamento em The Crown terminou sem um… casamento real. E há um motivo específico.

Por que não mostrou o casamento?

Confuso? A atriz Emma Corrin (que interpreta Diana) explicou a lógica da série ao Hollywood Reporter, praticamente dizendo que simplesmente não havia sentido em recriar o casamento porque literalmente todo mundo já assistiu.

“Nunca recriamos as coisas apenas para recriá-las. Eu acho que se nós recriarmos uma cena – como a cena do noivado, por exemplo, quando eles fazem o anúncio -, tem que ser porque ela está ligada a algo que os personagens estão passando. Tem que fazer parte da história. Tem que avançar a trama, basicamente.”

“A cena do casamento, você pode procurá-la no YouTube e assisti-la em 10 segundos, então não acho que haveria sentido em recriá-la.”

Josh O’Connor (também conhecido como Príncipe Charles) também revelou seus pensamentos, dizendo que não mostrar o casamento permitiu que eles se concentrassem no que estava acontecendo nos bastidores:

“Peter Morgan não está interessado em mostrar o casamento para você porque, sim, Emma está certa, você simplesmente entra no YouTube e pode assistir. Acho que todos os acontecimentos históricos são importantes para pontuar para que o público saiba onde estamos.”

“Ele fará a eleição de Thatcher e isso é literalmente apenas para dizer ao público: ‘Certo, é aqui que estamos’, em vez de colocar na tela ’20 de dezembro de 1981′ ou o que seja. Ele basicamente sinaliza usando eventos históricos.”

“Mas o que é mais interessante, porque Charles e Diana têm que ser de uma certa maneira no dia do casamento, você não vê a nuance, ao passo que quando é a portas fechadas, como o ensaio, temos mais liberdade para criar e ficcionalizar.”

Há um motivo ainda mais relevante para o casamento de Diana e Charles não ter sido recriado por completo. Tudo sobre The Crown precisa se relacionar com a Rainha porque, em última análise, este seriado não é sobre a Princesa Diana. É sobre Elizabeth. Aqui está o que Emma disse ao Hollywood Reporter:

“Tudo realmente tem que dar feedback à Rainha. Mesmo o enredo de Diana, é tudo sobre o que ela está fazendo e o efeito que isso está tendo sobre a Rainha. É por isso que se chama The Crown.”

O diretor de The Crown, Benjamin Caron, explicou que o simbolismo da monarquia está totalmente envolvido naquele vestido, e é por isso que ele fez o corte. Ele disse ao Los Angeles Times o seguinte:

“Para mim, o vestido é um símbolo do que aquele dia representa. É muito importante. O vestido sempre representou a leve repressão da coroa. Está sufocando ela, de certa forma. Acho que foi muito importante para o casamento real.”

“O momento em que ela está se afastando de nós com o vestido parece realmente solene.”

“O episódio começa com você bebendo uma taça de champanhe e, no final, você percebe que está realmente bebendo vinagre e não sabe ao certo quando o sabor muda durante o episódio. Você sente: ‘Não faça isso! Por favor, não faça isso.’ Você sabe para onde ela está indo. É o começo do fim.”

No Brasil, The Crown está agora disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio