The Crown, da Netflix, deixa Príncipe Harry em situação desconfortável

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS!

The Crown é uma das produções mais queridas da Netflix, com 3 temporadas de qualidade inegável já lançadas. A série acompanha o reinado da Rainha Elizabeth II, começando por sua juventude e passando por momentos importantíssimos da história do Reino Unido e do mundo.

Afinal de contas, quem não gostaria de um olhar íntimo sobre a vida da Família Real? Tudo fica ainda mais impressionante com as performances de um elenco de tirar o chapéu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A quarta temporada da série – recém-chegada à Netflix – encantou ainda mais os fãs ao mostrar a relação da Rainha com a Princesa Diana e a então Primeira-Ministra do Reino Unido, Margaret Thatcher.

Embora tenha sido extremamente elogiada por público e crítica, a nova temporada de The Crown está causando polêmica com a Família Real; confira abaixo!

Posição desconfortável

Meses depois da assinatura de um contrato milionário da Netflix pelo Príncipe Harry e Meghan Markle, a plataforma lançou a quarta temporada de The Crown, uma de suas séries mais aclamadas.

Os novos episódios abordam o casamento do Príncipe Charles com a Princesa Diana, seu affair com Camilla Parker-Bowles e a bulimia de Lady Di.

Especialistas na família real afirmam que Harry e seu irmão William ficarão “enojados” pela maneira que a Família Real é retratada.

“Acho que o Harry vai ficar em uma posição bastante constrangedora. É outro exemplo da dificuldade de misturar a posição real com o mundo comercial”, afirmou Penny Junor, autora especialista na Casa dos Windsor.

A autora também considerou que William ficará muito chateado em nome da família toda.

“A série agora está abordando uma época que muita gente ainda se lembra, e por isso é tão perigosa”, analisou a autora.

Junor afirma que a Família Real foi mostrada de maneira inadequada na produção, como “os vilões” da história de Lady Di.

“Espectadores ficam com a impressão que a Família Real é formada por pessoas horríveis, que se comportaram de maneira desprezível”, opinou Junor.

A jornalista também lembrou que, mesmo sendo baseada na vida real, The Crown é acima de tudo uma série de drama.

“Muitos dos eventos mostrados são reais, mas a maioria dos detalhes e das conversas é completamente fictícia. E Peter Morgan (o criador da série) provavelmente não vai negar esse fato, já que está criando drama no final das contas”, afirmou Junor.

A quarta temporada de The Crown está na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio