Publicidade

Após 30 anos, erro de Jurassic Park é enfim corrigido

Publicado por Redação

04/12/2020 10:05

Jurassic World: Acampamento Jurássico, quase 30 anos depois do lançamento de Jurassic Park, fez uma pequena provocação e referência ao clássico de Steven Spielberg. 

No filme original, Timothy Murphy identifica errado um braquiossauro como um brontossauro. Mais tarde, ele acaba se corrigindo, fazendo alusão a um erro cometido no roteiro original do roteirista David Koepp. 

Já na série da Netflix, vemos o personagem Kenji chamando um braquiossauro de brontossauro e Darius logo o corrige, revelando se tratar de um “erro comum”, que até especialistas podem fazer. 

Isso, claro, é uma referência direta ao filme original. Kenji não gosta muito de ser corrigido, contudo. 

Darius, ao menos, consegue mostrar que realmente entende de dinossauros, que eram também a paixão de seu pai. 

Série sombria

Os filmes da franquia Jurassic Park trazem muita aventura e cenas fascinantes, mas também contam com momentos bem sombrios. Jurassic World: Acampamento Jurássico, animação da Netflix, deveria ser um olhar mais leve sobre a franquia, mas, curiosamente, acaba sendo a iteração mais sombria desse universo.

Há muitos temas pesados abordados na série animada da Netflix, desde passados trágicos, até problemas de abandono, que acabam moldando a personalidade das crianças.

De início, os arcos parecem leves, mas tudo se complica se pensarmos que estamos falando de famílias que preferem deixar seus filhos em locais onde dinossauros podem escapar (vale lembrar que a série se passa após a trilogia Jurassic Park) e devorar seres humanos. Eles preferem isso a passar tempo com os filhos.

Não bastasse isso, o desenho surpreende ao se provar bem violento. As crianças veem pessoas sendo devoradas pelo Indominus Rex algumas vezes. Jurassic World: Acampamento Jurássico ainda mostra como as pessoas se tornam monstros em meio a situações desesperadoras.

Tudo isso, invariavelmente, afeta o psicológico dessas crianças que chegam a tentar explodir o carnotauro no fim da primeira temporada. Eles só conseguem queimar o bichano, mas fica a questão de como eles foram transformados por toda essa experiência.

A primeira temporada de Acampamento Jurássico está disponível na Netflix.

Publicidade