Big Mouth, da Netflix, faz o que South Park não consegue; confira

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por mais que sejam obras consideravelmente distintas, Big Mouth e South Park ambas utilizam a animação – e personagens infantis – para tecer críticas à nossa sociedade. Em um quesito importante, contudo, a série da Netflix prova acertar, enquanto a da Comedy Central permanece no erro.

South Park mudou muito ao longo dessas mais de 20 temporadas, mas ocasionalmente ela fica “em cima do muro” no que diz respeito, criticando tanto a esquerda, quanto a direita. Sem tomar uma posição, especialmente em questões importantes, a série falha em criticar a sociedade apropriadamente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com isso, muitas vezes as polêmicas levantadas em South Park são apenas isso: polêmicas. Como se os roteiristas atirassem para todos os lados com a única intenção de “causar”.

Para piorar, quando efetivamente cometem algum erro, seja fazendo piadas ofensivas e transfóbicas, ou negando o aquecimento global, não há qualquer pedido de desculpas por parte dos criadores. Nas raras ocasiões que eles reconhecem o erro, vemos um dos personagens dizendo isso dentro do próprio programa.

Felizmente, South Park tem se posicionado mais enfaticamente nos últimos anos, como fez na mais recente temporada, ao abertamente incentivar os espectadores a votarem nas eleições presidenciais estadunidenses.

Big Mouth, por sua vez, toma posicionamentos de forma mais aberta, critica o que acha que deve ser criticado e ainda assim consegue estabelecer o seu humor.

A postura dos criadores em relação aos seus erros também é mais transparente e, quando erram, eles logo vão às redes sociais para se retratarem, pedindo desculpas, além de fazer mudanças na série em si.

Com isso, podemos dizer que South Park pode aprender algumas coisas com Big Mouth.

Big Mouth na Netflix

A história de Big Mouth acompanha a estranha puberdade de um grupo de amigos do ensino médio que lidam com sexo, relacionamentos e monstros hormonais.

O elenco de dubladores traz os criadores da série, Nick Kroll, Andrew Goldberg, Mark Levin e Jennifer Flackett, e nomes como John Mulaney, Maya Rudolph, Jessi Klein, Jenny Slate, Jason Mantzoukas, Fred Armisen e Jordan Peele.

Os fãs, por enquanto, podem curtir Big Mouth de forma tranquila. A série está renovada ao menos até a sexta temporada na Netflix.

“Uma turma de amigos vive ao sabor das maravilhas e horrores da puberdade nesta comédia dos amigos Nick Kroll e Andrew Goldberg”, diz a sinopse da Netflix.

A quarta temporada de Big Mouth já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio