Publicidade

Diana tem momento de quebrar o coração que The Crown não mostra na Netflix

Publicado por Guilherme Coral

03/12/2020 08:52

A Princesa Diana pode ter aproveitado muitos privilégios ao integrar a Família Real britânica, mas ela também sofreu muito durante esse período, especialmente no que diz respeito o seu casamento com o Príncipe Charles. A quarta temporada de The Crown retrata um trecho da vida de Diana, mas deixa um triste evento de fora.

Conforme a biografia Diana: Her True Story, de Andrew Morton, a Princesa sabia do caso de Charles com Camilla Parker Bowles antes mesmo de se casar com o filho da Rainha Elizabeth II.

Sua esperança era que tal caso terminasse após o casamento, mas isso não aconteceu.

Já com seis meses de casamento, Diana, que estava grávida do Príncipe William, teria tentado se suicidar ao jogar-se da escadaria em Sandringham, diz a biografia. Mas a própria Princesa tem uma versão diferente dos fatos.

Conforme matéria de Desirée O. no Nicki Swift, Diana se jogou da escada a fim de chamar a atenção de Charles, que a ignorava constantemente.

“Quando eu estava grávida de quatro meses de William, eu me joguei das escadas, tentando chamar a atenção do meu marido, para que ele me escutasse.

“Eu disse a Charles que eu me sentia desesperada e estava chorando muito. Ele disse que eu estava mentindo. ‘Eu não vou escutar’, ele dizia. ‘Você sempre faz isso comigo. Vou andar a cavalo agora.'”

“Então eu me joguei das escadas. A Rainha apareceu, totalmente horrorizada, tremendo – ela estava assustada demais”.

Diana disse que sabia que não perderia o bebê, mas que estava com hematomas na barriga. Ela revelou que Charles simplesmente ignorou isso. “Ele só saiu andando e foi embora pela porta”.

Atriz comenta interferência do governo em The Crown

The Crown tem gerado bastante polêmica em razão da forma como retrata a família real britânica, com muitos falando sobre como a série deveria avisar que se trata de uma abordagem fictícia e dramatizada.

Agora foi Helena Bonham Carter, que interpreta a Princesa Margaret nas temporadas 3 e 4 da série da Netflix, quem posicionou-se sobre o assunto.

“É dramatizado. Sinto que temos a responsabilidade moral de dizer que isso não é um documentário, devemos dizer que estamos fazendo uma série dramática. São duas coisas diferentes”.

A atriz de The Crown, contudo, elogiou a pesquisa realizada pelo criador e roteirista da série, Peter Morgan.

“Isso sim é um documentário. É incrível, então ele troca algumas coisas e mexe em outras”.

A quarta temporada de The Crown está disponível na Netflix.

Publicidade