Resposta para mistério de O Gambito da Rainha vai chocar fãs da Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das personagens mais misteriosas da minissérie da Netflix O Gambito da Rainha é Cleo, a jovem francesa que faz amizade com a protagonista do programa, Beth Harmon.

Cleo acaba sendo a catalisadora para a derrota mais brutal de Beth em um torneio em um jogo contra seu principal rival, o campeão mundial russo Vasily Borgov.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E se aquele encontro “casual” não fosse uma coincidência?

Na primeira vez em que os fãs assistiram a O Gambito da Rainha, eles suspeitaram imediatamente de Cleo. Na segunda vez em que assistiram à minissérie, ficaram convencidos de que ela estava trabalhando em nome dos russos para sabotar Beth, uma teoria compartilhada no Reddit.

Convincente teoria

Encontramos Cleo pela primeira vez no sexto episódio, quando Beth, que agora é a campeã de xadrez dos Estados Unidos, e Benny Watts (o ex-campeão) estão treinando juntos em Nova York.

Benny convida alguns amigos para ajudar a aprimorar as já impressionantes habilidades de xadrez de Beth. Quando Hilton Wexler e Arthur Levertov, dois outros profissionais do xadrez, vêm ao apartamento, eles estão acompanhados por Cleo.

Cleo chega, parecendo fabulosa, e abre uma garrafa de champanhe bem quando Beth se instala para trabalhar com Hilton pela primeira vez. Ela oferece a Beth um copo e Beth olha para Benny antes de recusar a oferta.

Nesse ponto, Beth estava sóbria há várias semanas. Ela normalmente confiava em suas pílulas tranquilizantes e álcool para ajudar a se concentrar nas estratégias de xadrez e depois relaxar. Mas Benny e outros disseram a ela para tentar largar o vício e até agora o conselho estava funcionando.

Beth parecia estar na melhor forma mental de sua vida, capaz de destruir não apenas Benny nas rodadas de xadrez de velocidade, mas também Hilton e Arthur ao mesmo tempo.

Embora Cleo não atrapalhe o treinamento de Beth em Nova York, ela imediatamente levanta algumas bandeiras vermelhas.

Quando Beth pergunta a Cleo como ela conhece Arthur e Hilton, Cleo diz que por acaso encontrou os dois em Paris.

“Aqueles dois me impediram de me matar”, diz Cleo.

“Como eu disse, uma história triste. Mas quando eu passei, Arthur e Hilton estavam tendo uma violenta discussão sobre um tabuleiro de xadrez e eu fiquei hipnotizada pela paixão deles.”

Mas então Cleo continua dizendo que Benny também estava lá naquele dia e que ela ficou “hipnotizada por Benny”, que era o campeão dos Estados Unidos na época.

Se Cleo estava trabalhando em nome da Rússia, faz sentido que ela possa ter se infiltrado no mundo do xadrez americano “topando” com Benny, Hilton e Arthur em Paris naquele dia, e inventando uma história dramática para ganhar sua confiança e simpatia.

Depois, há a maneira vaga como Cleo fala sobre seu trabalho. Quando Beth pergunta a Cleo o que ela faz no trabalho, Cleo não responde diretamente. Em vez disso, ela faz com que Beth adivinhe, e quando Beth diz “algo na moda”, Cleo diz que é modelo.

E se isso fosse uma tática, uma maneira de deixar Beth preencher suas suposições sobre Cleo enquanto ficava vaga sobre os detalhes de seu trabalho e casa?

No quarto episódio, Beth ouviu Borgov e seus colegas russos falando sobre ela em um elevador. Um dos homens disse especificamente que eles precisam “lidar com ela” no México ou em Paris. Outro diz que se fala que Beth é “uma bêbada”.

Os oficiais da KGB seguem Borgov em todos os lugares que ele vai nos Estados Unidos. Não faria sentido que também houvesse representantes russos rastreando os movimentos de Beth, especialmente depois que ela se tornasse a campeã dos Estados Unidos e, portanto, a maior ameaça ao domínio russo no xadrez?

Cleo sentou-se na sala com Beth, Benny, Hilton e Arthur, e testemunhou exatamente como Beth era habilidosa e preparada para seu torneio em Paris.

E então a súbita aparição de Cleo no hotel parisiense, na noite exata antes de seu jogo contra Borgov nas finais do torneio, parece extremamente suspeita.

Beth está focada, sóbria e pronta para enfrentar Borgov. E então Cleo liga do saguão de seu hotel e pede a Beth para vir tomar apenas uma bebida com ela. Beth recusa e diz a Cleo que não só ela tem uma partida no dia seguinte, mas que é a final.

Cleo dá a aparência de compreensão, mas depois provoca Beth dizendo que ela está planejando tomar uma bebida sozinha no bar do hotel de qualquer maneira. Isso consegue levar Beth ao bar, onde a jovem estrela do xadrez diz que vai tomar “apenas um drinque” e depois ir para a cama cedo.

De repente, cortamos para Beth fumando um cigarro e sentando na frente não de um, mas de três copos de coquetel vazios enquanto Cleo enchia pessoalmente sua xícara. Então Cleo é quem pressiona Beth a conversar com alguns homens sentados nas proximidades.

Antes que percebamos, Beth está acordando em uma banheira, atrasada para seu jogo contra Borgov.

Ela perde, é claro, de ressaca demais e ainda chapada e bêbada da bebida e dos comprimidos extras que toma antes do jogo. Todo o treinamento cuidadoso de Beth saiu pela janela naquela manhã. Cleo desliza no meio do jogo para assistir Beth jogar, mas nunca mais a vemos, nem Beth.

Se as intenções de Cleo não eram maliciosas, por que ela não teria se desculpado com Beth? Ou pelo menos tentou consolá-la após a perda devastadora?

Apenas no caso de você ainda não estar convencido pela teoria de “Cleo era uma agente russa”, outra pista vem no final da série. Durante o torneio de Moscou, Beth está animada antes de seu jogo final contra Borgov por uma visita surpresa de D.L. Townes, o jogador de xadrez alto e bonito que ela conheceu em seu primeiro torneio.

Quando Beth pergunta como Townes conseguiu um visto no último minuto para viajar para a Rússia, ele diz que a embaixada russa pode ter ajudado porque pensaram que ele iria distrair Beth.

Naquela noite no bar de Paris, Beth contou a Cleo sobre seu amor não correspondido por Townes. É a única vez em todo o programa que a vimos falar sobre Townes para outra pessoa, quanto mais confessar seu amor.

Então, como a embaixada russa saberia que Townes poderia ser “uma distração” para Beth? Só parece possível se Cleo contasse aos representantes russos sobre a confissão de Beth em Paris.

Então, embora a minissérie nunca tenha confirmado 100% as intenções nefastas de Cleo, continuamos convencidos de que ela é a principal razão pela qual Beth não derrotou Borgov antes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio