Sex and the City pode voltar – mas sem uma atriz original

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A HBO Max estaria interessada em reviver Sex and the City com uma nova minissérie, mas sem uma das atrizes do seriado original.

Segundo fonte de Mara Siegler, do Page Six, a minissérie terá todas estrelas do original, exceto Kim Cattrall, que não quer viver Samantha Jones novamente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A fonte ainda informa que Sarah Jessica Parker, Cynthia Nixon e Kristin Davis reprisarão seus icônicos papeis nessa minissérie que continuará a franquia.

Sex and the City teve seis temporadas, exibidas entre 1998 e 2004. Além disso, um filme mostrando o casamento de Carrie e Big foi lançado em 2008, seguido por uma continuação em 2010.

Em todo caso, é preciso aguardar uma confirmação oficial por parte do HBO Max antes de comemorar o retorno de Sex and the City.

Nova Sex and the City?

Emily em Paris, de Darren Star, criador de Sex and the City, é a mais nova série original da Netflix a chegar ao catálogo da plataforma de streaming e tem dado o que falar. A série está sendo detonada por críticos e espectadores franceses.

Os espectadores do país alegam que a Netflix criou algo fortemente estereotipado. Em entrevista ao New York Times, parisienses da vida real estão caindo em cima dos clichês da série, desde fumar em ambientes fechados, até andar pelado na ponte Alexandre III.

Um parisiense entrevistado chamou isso de “paródia da nudez” utilizada em campanhas publicitárias de décadas atrás, que não mais reflete a publicidade moderna francesa.

Já outros espectadores consideraram Emily em Paris exagerado e ridículo, especialmente no que diz respeito aos figurinos da protagonista e o fato dela não falar uma palavra em francês.

Emily, na série, ainda oferece aos parisienses conselhos em como melhorar as coisas.

Os críticos franceses pegaram ainda mais pesado. Um crítico do AlloCiné disse que a série traz uma visão vergonhosa e irreal de Paris, enquanto outro (via THR) considerou o seriado deplorável, perguntando-se por que atores franceses se sujeitaram a isso.

Outro crítico resumiu o que os franceses têm achado da série.

“O seriado é um amontoado de clichês sobre os franceses: arrogantes, preguiçosos, sujos e malvados. Emily é a jovem americana que chega para ensiná-los sobre a vida. E a trama é risível”.

Realmente, eles parecem ter gostado nem um pouco da nova série da Netflix. Emily em Paris já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio