Teoria vai fazer você assistir Friends com outros olhos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A icônica série Friends tem uma base de fãs muito apaixonada, o que manteve a popularidade da série consistente mesmo muito depois do final.

Essa popularidade levou a teorias e discussões interessantes, incluindo uma teoria de fãs no Reddit que sugere que cada personagem representa um dos Sete Pecados Capitais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Embora existam apenas seis membros do grupo icônico, a teoria tem duas explicações para o sétimo pecado.

Chocante teoria

Chandler representa a preguiça principalmente por causa de sua carreira. Ele se queixa repetidamente de seu trabalho e expressa seu desinteresse geral por sua profissão, mas permanece no cargo porque é mais fácil manter a conformidade do que fazer uma mudança.

Quando ele finalmente muda, ele coloca muito estresse e pressão em Monica para conseguir essa mudança de carreira. Ele também luta com a motivação geral, como exemplificado por seu enredo de treino, onde ele desiste facilmente e convence Monica a relaxar com ele.

Embora tenha tendências lascivas, o amor de Joey pelas mulheres é dominado por seu amor pela comida.

Certa vez, ele comeu um peru inteiro do Dia de Ação de Graças sozinho, e uma de suas falas mais icônicas é: “Joey não compartilha comida.” Isso em particular demonstra porque ele representa a gula. Essa frase é até falada em referência ao motivo pelo qual ele teve um momento ruim em um encontro, já que ela comeu um pouco de sua comida.

Ross tem problemas óbvios de raiva. Ele é até dispensado de seu trabalho no museu depois de ter um surto de raiva por causa do roubo de seu sanduíche de Ação de Graças, e esta não é a única vez que ele deixa sua raiva levar o melhor dele, atacando aqueles mais próximos a ele em várias ocasiões.

Phoebe exemplifica a luxúria, já que muitas vezes ela é a mais abertamente sexual do grupo. Ela também expressa repetidamente uma abordagem mais excêntrica do sexo do que seus outros amigos.

Por exemplo, no episódio de Ação de Graças da terceira temporada, “The One With the Football”, Phoebe mostra seu peito a Chandler para tirar a bola dele. Aqui, ela demonstra seu padrão de usar a sexualidade como arma.

Rachel cresceu rica e mimada. Tanto que, mesmo depois de se tornar financeiramente independente, ela ainda cobiçava coisas materiais. Muitas vezes ela é vista fazendo compras e, se não tem dinheiro para fazer compras, reclama constantemente desse fato.

Quando ela descobre que Monica foi às compras com a namorada de Ross, Julie, fica mais ofendida por perder a chance de fazer compras do que por não passarem tempo juntas, amarrando o ato de comprar à sua identidade.

Monica odeia perder e é incrivelmente competitiva, o que a deixa orgulhosa. Sua limpeza obsessiva também contribui para seu orgulho, por ser uma manifestação de sua necessidade de se exibir.

Ela até aposta seu apartamento com Rachel contra Chandler e Joey porque está muito confiante em sua habilidade de vencê-los em uma competição. Eles perdem, o que significa que o orgulho dela os fez perder o lar.

A teoria apresenta duas opções para representar o pecado final. A primeira é o barista Gunther, que é apaixonado por Rachel e tem inveja de todos os seus namorados, Ross em particular. Ele também não faz parte do grupo e deseja desesperadamente ser incluído.

O conceito de inveja representado por alguém que deseja ingressar no grupo de amigos também pode se estender ao público. O público adora o seriado porque também quer fazer parte daquele grupo de amigos, assistindo com inveja enquanto os personagens vivem felizes juntos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio