Após fazer grande sucesso como uma das melhores séries originais do YouTube Red, Cobra Kai finalmente fez sua estreia na Netflix, e desde então vem conquistando o público brasileiro e se mantendo entre as séries mais assistidas da plataforma.

No derivado e continuação de Karatê Kid, Ralph Macchio e William Zabka reprisam seus papéis da franquia. Os épicos adversários retornam para o dojo, trinta anos depois dos eventos do torneio de 1984.

Johnny Lawrence (Zabka) busca por redenção ao reabrir o famoso dojo, reacendendo a rivalidade com Daniel LaRusso (Macchio), que luta pela manutenção do equilíbrio em sua vida sem a ajuda do mentor, Sr. Miyagi.


Muitos fãs não sabe, mas a concepção de Cobra Kai aconteceu em meio a uma grande tragédia.

Confira abaixo!

Reencontro de rivais

Após anos afastados, William Zabka e Ralph Macchio se reconectaram em 2005, no funeral de Pat Morita, o Sr. Miyagi.

“Depois de Karatê Kid, ainda éramos jovens e seguimos nossos próprios caminhos. Nos encontramos algumas vezes com o passar dos anos, mas foi no funeral de Pat que nos reconectamos”, contou Zabka.

Foi o próprio Zabka que propôs a Ralph Macchio a produção de Cobra Kai.

“Passamos a conversar mais e interagir com a fã-base de Karatê Kid. O Billy (Zabka) sempre dizia: ‘Podemos trazer esses personagens de volta’… Ele tinha ideias, ótimas ideias”, contou Macchio.

13 anos depois da reunião, as ideias de Zabka formaram a base de Cobra Kai. A série se tornou um fenômeno e conquistou uma nova geração com as histórias de Karatê Kid.

“Quando filmamos nossa primeira cena no dojo, sabíamos que aquilo não era só atuação. Era real. E assim que a cena terminou, percebemos que tudo valeria a pena”, afirmou Macchio.

Em outra entrevista, Zabka abordou a conexão entre os protagonistas, que permaneceu viva após tantos anos.

“Foi além das minhas expectativas! A química que compartilhamos se tornou uma parte verdadeira da cultura pop”, contou o astro.

A terceira temporada de Cobra Kai está disponível na Netflix.