Quando o trailer de Bridgerton foi divulgado, há alguns meses, fãs de Shonda Rhimes perceberam vários elementos comuns às obras da produtora. Assim como Grey’s Anatomy, Scandal e How to Get Away With Murder, a nova série da Netflix conta com um grande elenco de personagens cativantes, mistérios intrigantes e muita, muita fofoca.

Agora que já chegou à plataforma, Bridgerton vem sendo chamada de “Gossip Girl de época”, além de ser comparada com os dramas de Downton Abbey.

A série recentemente fez história ao se tornar a produção original mais assistida da Netflix!


Enquanto a segunda temporada não estreia, o site Bustle revelou os graves erros sexuais de Bridgerton! Confira abaixo!

Contracepção

Quem já maratonou os episódios de Bridgerton sabe que Daphne e Simon acabam desenvolvendo sentimentos reais em meio ao cortejo falso. 

Ao invés de se casar com um verdadeiro Príncipe russo, Daphne volta suas atenções mais uma vez para o Duque de Hastings. Os personagens são basicamente forçados a se casarem após o irmão de Daphne flagrá-los se beijando no jardim.

Depois do casório, o relacionamento de Daphne e Simon sofre problemas diferentes. A protagonista quer ter filhos e Simon quer acabar com a própria linhagem. 

Uma controversa cena do sexto episódio de Bridgerton mostra Daphne tirando vantagem do marido ao descobrir porque ele “não consegue” ter filhos – a prática do coito interrompido.

A estratégia parece funcionar para Simon, mas na vida real, a história é bem mais complicada.

“O método do coito interrompido está longe de ser perfeito. Ele tem apenas 80% de eficácia. Na vida real, cerca de 22 em 100 pessoas que usam o método acabam engravidando sem querer. Ou seja, uma em cinco”, contou o médico Dr. Jack Pearson, especialista em saúde reprodutiva.

Gravidez

As mulheres de Brigderton não podem simplesmente usar testes de farmácia para saberem se estão grávidas. Nos episódios da série, Miss Thompson e Daphne sempre checam os lençóis para manchas de sangue.

 “Não é comum mulheres grávidas sofrerem um pequeno sangramento no primeiro trimestre. O que acontece é chamado de ‘sangramento de implantação’, e ocorre quando o óvulo fertilizado se acopla à parede do útero”, comentou o Dr. Pearson.

Prazer

Daphne aprende a arte do prazer com Simon, que instrui a nova esposa a “se tocar entre as pernas” – uma instrução bastante vaga.

As mulheres do século XIX não eram encorajadas a explorar a sexualidade, e o sexo era visto como um ato de procriação, não de prazer.

“A vagina é o nome do canal interno que chega ao cérvix. Já a vulva é a genitália externa, incluindo o clitóris, lábios e a abertura da vagina. Vaginas e vulvas são como flocos de neve – nenhum é igual à outra”, comentou o Dr. Pearson.

O médico falou também sobre a instrução de Simon a Daphne.

“Apenas 18% das mulheres conseguem ter orgasmos apenas pela penetração vaginal. Quando o Simon diz para Daphne se tocar, ele provavelmente está se referindo à vulva, que oferece uma grande gama de prazeres. O clitóris parece muito pequeno, mas o que aparece na parte de fora é apenas a ponta do iceberg! O órgão de prazer na verdade se estende para a parte interna, e chega a alcançar cerca de 12 centímetros”, comentou o médico.

A primeira temporada de Bridgerton está disponível na Netflix.