Marvel tem própria Coringa e fãs não vão adivinhar quem é

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção! Contém spoilers de WandaVision.

Tudo indica que a Feiticeira Escarlate será uma das heroínas mais importantes da Fase 4 do MCU. A personagem de Elizabeth Olsen ganhou uma série no Disney+, e será uma das protagonistas do novo filme do Doutor Estranho.

Wanda não ganhou tanto destaque nos filmes anteriores do MCU, e sua ascensão na Fase 4 pode significar algo que os fãs da Marvel já esperam há anos: a chegada dos mutantes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o site Screen Rant, Wanda pode se tornar a nova grande antagonista do MCU, uma espécie de Coringa da Marvel.

Confira abaixo a análise do site!

Mudança radical

WandaVision e Coringa têm mais em comum do que a maioria dos fãs acredita. A comparação foi feita a partir do primeiro filme solo do personagem, lançado em 2019 e protagonizado por Joaquin Phoenix.

Com Coringa, os filmes da DC conseguiram se libertar de um molde tradicional do gênero dos super-heróis. Ao invés de contar uma história bombástica e formulaica, o longa de Todd Phillips investiu em um drama pessoal tocante, que mostrou como a desigualdade da sociedade consegue corromper até os mais inocentes.

WandaVision representa uma alternativa semelhante para o MCU. A série inovou ao misturar os conceitos das histórias dos super-heróis com o visual e características específicas de sitcoms dos anos 50 e 80.

O filme e a série têm também algumas semelhanças importantes na trama.

Coringa explora o estado mental e o desenvolvimento da loucura de Arthur Fleck, que se torna o vilão titular após confrontar a verdade sobre seu nascimento.

WandaVision faz algo semelhante com a Feiticeira Escarlate, ao abordar as rupturas na mente de Wanda causada pela morte de Visão e o trauma da batalha contra Thanos.

Tanto Wanda como Coringa respondem aos traumas criando um novo mundo para si mesmos. A diferença é que o mundo de Arthur Fleck existia apenas na mente do personagem, e o mundo de Wanda parece ter influência no mundo real.

A diferença é o tom das duas obras. Coringa aposta em cenas violentas, desconcertantes e terríveis para passar sua mensagem. Arthur Fleck se torna um assassino, e espectadores tem a oportunidade de conferir sua descida à loucura.

WandaVision, por outro lado, usa um estilo de terror bem mais sutil, revelando a cada episódio pistas sobre a verdadeira natureza do universo “perfeito” da Feiticeira.

WandaVision é exibida atualmente pelo Disney+.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio