Peaky Blinders atraiu muitos fãs ao redor do mundo, mas nada dura para sempre. A série da BBC, distribuída pela Netflix, vai acabar na sua sexta temporada.

Conforme a Variety, a produção da temporada final já começou e o próprio criador e roteirista, Steven Knight, confirmou que a série vai acabar.

“Peaky está de volta e de forma explosiva. Depois do atraso da produção por conta da pandemia de COVID-19, encontraremos a família em apuros e os riscos nunca foram tão altos. Acreditamos que essa será a melhor temporada e temos certeza que nossos fãs incríveis vão amar”.


Ele também revelou que Peaky Blinders ganhará alguma outra história, mas não necessariamente na TV.

“Embora a série de TV vá acabar, a história continuará de outra maneira”.

A produtora executiva Caryn Mandabach ecoou a declaração do criador de do seriado.

“O mundo de Peaky Blinders definitivamente continuará vivo”.

Resta aguardar para saber se veremos uma série derivada, filme, algum quadrinho ou livros. Neste momento não há como dizer o que vem por aí.

Figura histórica na sexta temporada

Para a sexta temporada da série, o criador Steven Knight prometeu uma participação histórica importante, e que vai surpreender os fãs.

“Eu não estou visando ir para o Oeste, necessariamente, mas se encontrarmos figuras famosas que estão envolvidas com os negócios de Tommy, nós as usaremos. Na sexta temporada haverá uma figura histórica que vai surpreender as pessoas”, disse Knight em bate papo no Reddit.

A história se passa durante a grande crise de 1929, um momento delicado e oportuno para alguém se tornar a esperança de uma nação. É assim que a família Shelby percebe o crescimento de um político, interpretado por Sam Claflin.

O elenco de Peaky Blinders conta com Cillian Murphy, como o protagonista Tommy Shelby, Helen McCrory e Paul Anderson.

As cinco primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix.