A popular série Peaky Blinders foi cancelada na sexta temporada. Antes, havia um plano para que o seriado que está na Netflix tivesse um sétimo ano.

O criador Steven Knight confirmou para veículos o fim da série. Como se sabe, a trama acompanha a família criminosa dos Shelby.

O principal foco da história é Tommy. O protagonista lida com o estresse pós-traumático da guerra ao mesmo tempo que tenta mudar de vida – para melhorar a situação dele e de todos familiares.


Peaky Blinders se tornou um sucesso no mundo inteiro graças a diferente trama. Por isso, o cancelamento chega como uma surpresa.

Muitos fãs se questionam o que aconteceu. A resposta pode ser um pouco mais complicada do que foi informado.

O fim de Peaky Blinders

Publicamente, o criador explicou o motivo de Peaky Blinders ter a sétima temporada cortada. A grande causa é a pandemia do coronavírus (covid-19).

“Covid mudou nossos planos”, declarou Knight ao anunciar o fim do seriado que está na Netflix.

A pandemia realmente complicou a situação de Peaky Blinders. O Digital Spy afirma que a BBC “não está no mesmo patamar financeiro das grandes plataformas”, o que pode explicar a decisão a partir de um viés financeiro.

Além disso, a história de Peaky Blinders estava alcançando um fim natural. Knight comentou que originalmente o seriado teria cinco temporadas.

Agora, terá um sexto ano e ainda ganhará um filme. Para os fãs, acaba sendo um bom desfecho.

“Uma notória gangue da Inglaterra de 1919 é liderada pelo cruel Tommy Shelby, um criminoso disposto a subir na vida a qualquer preço”, afirma a sinopse do seriado.

Peaky Blinders tem cinco temporadas disponíveis na Netflix no Brasil. O sexto ano ainda não tem previsão.