La Casa de Papel foi cancelada na Netflix na parte cinco. Porém, esse não parece ser o fim da história.

Apesar da conclusão do assalto no Banco da Espanha, há indicativos de que o seriado pode continuar de alguma maneira. Isso foi até mesmo comentado por uma das estrelas.

Itziar Ituño, a Raquel de La Casa de Papel, contou para Vertele que se uma nova história surgir, todos devem considerar fazer. Assim, ao menos a atriz não parece descartar um retorno após a parte cinco.


“Eu acho correto fechar a história de La Casa de Papel ali, mas quem sabe se no futuro não deve ser reconsiderado. Eu acho que algumas histórias precisam ter o tamanho certo para que não cansem e se estraguem”, declarou a atriz.

Vale também lembrar que o criador Álex Pina contou ao Oprahmag que La Casa de Papel pode ganhar derivadas. Por hora, nenhuma foi oficializada.

“Temos algumas possibilidades de derivadas e isso se deve muito às personalidades fortes dos nossos personagens”, destacou o criador da série da Netflix.

Por fim, há outra maneira que a série com certeza estará continuando: La Casa de Papel vai ganhar um remake sul-coreano. Apesar da confirmação, a adaptação ainda não tem previsão de estreia.

Final de La Casa de Papel na Netflix

A série espanhola já está renovada para quinta e última parte. A Parte Cinco de La Casa de Papel continua com o assalto ao Banco da Espanha. Nos capítulos, os fãs descobrirão os destinos finais dos amados personagens.

Para o ano final, a série da Netflix também ganha mais novidades no elenco. Os atores Patrick Criado e Miguel Ángel Silvestre, de Sense 8, se juntam à história.

O criador Álex Pina indicou que um deles pode ser um novo vilão. Fãs especulam que pode ser um novo oficial, já que a parte quatro deixou muitos policiais em uma situação ruim.

Porém, indicações são de que os personagens têm ligações com o passado dos bandidos. No set, os dois atores já foram vistos gravando cenas, que parecem ser de flashback, com o bando.

As quatro temporadas de La Casa de Papel estão na Netflix. O quinto e último ano chega em 2021.