Vikings: Veja como [SPOILER] morre na vida real

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção! Contém spoilers da temporada final de Vikings!

Vikings chegou ao fim! A saga de Ragnar Lothbrok e seus filhos emocionou fãs com o lançamento dos últimos episódios, que chegaram à Netflix no último dia de 2020.

Como uma das produções de época mais populares da atualidade, o cancelamento da produção surpreendeu muita gente. A sexta temporada foi anunciada como a última ainda em 2019.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série ainda deve ganhar um derivado no futuro, possivelmente produzido pela Netflix. Mesmo assim, alguns fãs continuam revoltados com o fim de Vikings.

Logo no primeiro episódio da reta final, Vikings confirma a morte de um dos personagens mais queridos: Bjorn Ironside.

Confira abaixo como o desfecho do personagem na série se compara ao fim do Bjorn da vida real!

O fim de um guerreiro

No último episódio da primeira metade da temporada final de Vikings, o exército dos Rus finalmente atacou Kattegat. Uma batalha sangrenta aconteceu (ou não, de acordo com certas teorias) e Bjorn terminou apunhalado por Ivar e aparentemente morto.

A trama de Bjorn tem destaque no primeiro episódio da reta final. O personagem é levado para Kattegat extremamente ferido. Mesmo assim, o guerreiro desenvolve um ousado plano para a derrota de Ivar e se prova mais uma vez um ótimo estrategista.

Acamado e sem nem conseguir se mexer, Bjorn faz o Rei Hakon espalhar um rumor para os Rus’: o filho de Ragnar teria morrido em decorrência da batalha. Hakon acaba morto pelos servos de Oleg, mas o plano de Bjorn funciona mesmo assim.

Bjorn cavalga para encontrar os Rus’ em campo aberto, ainda machucado e quase imóvel em sua sela. Ganbaatar, o capitão do exército de Oleg, atira três flechas no filho de Ragnar, que milagrosamente continua avançando em direção aos inimigos.

Com os Rus’ cada vez mais assustados, Bjorn ergue a Espada dos Reis, e com este último ato, conclama o grande exército Viking, formado por todas as forças que atenderam ao seu chamado.

Grande parte do exército dos Rus’ abandona a batalha, e Bjorn morre como um guerreiro incansável, digno dos Salões de Valhalla.

O verdadeiro Bjorn

O Bjorn da vida real foi um lendário líder Viking e um dos primeiros Reis da Suécia. De acordo com relatos escandinavos do século XII, o personagem histórico foi realmente um dos filhos de Ragnar Lothbrok.

Vale lembrar que o próprio Ragnar é uma figura intrigante, cuja história mistura registros da vida real com lendas mitológicas e folclóricas.

Bjorn viveu no século IX, tornando-se o primeiro expoente da Dinastia Munso, que governou a Suécia até o ano 1060.

Várias das tramas vividas por Bjorn em Vikings fizeram parte da história do filho de Ragnar na vida real. Entre elas destacam-se sua expedição ao Mediterrâneo e a invasão de Paris pelos guerreiros nórdicos.

Mas afinal de contas, como Bjorn Ironside morreu na vida real?

Segundo o site Ancient History Enciclopedia, a morte de Bjorn Ironside não é detalhada em nenhum registro histórico.

Após incursões bem sucedidas à Normandia, Lombardia e uma cidade chamada Luni – perto de Roma – Bjorn retorna à Suécia (no específico território de Uppsala) e governa o país até sua morte, que deve ter acontecido ainda no século IX.

Como a causa da morte de Bjorn não é descrita, é possível concluir que o guerreiro morreu de velhice ou causas naturais.

Segundo a Saga de Herevegar, Bjorn Ironside deixou o trono da Suécia para o filho Erik, que ajudou a manter o legado da família e o poder da Dinastia Munso por pelo menos mais meio século.

Os episódios finais de Vikings já estão disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio