Atriz da Netflix diz que é “realmente assustador” estar em Fate: A Saga Winx

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fate: A Saga Winx faz sucesso na Netflix. A série em live-action chegou como grande aposta por ser baseada no amado desenho O Clube das Winx.

Para o elenco, porém, isso trouxe uma certa pressão. A estrela da série, Abigail Cowen, comentou como realmente se sentiu ao ser Bloom, a protagonista na Netflix.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para a Glamour, a famosa afirmou que é “realmente assustador” estar no seriado. A questão passa também por uma própria experiência de carreira da atriz.

Fate: A Saga Winx, como a própria Abigail afirma, marca o “primeiro grande papel” dela em Hollywood.

“Estar no centro da trama é realmente assustador. Foi maravilhoso chegar no set e perceber que não era tão intimidante quanto parecia na minha cabeça e que todos foram receptivos. Isso definitivamente ajudou”, declarou a atriz da Netflix.

Como muitos fãs concordam, Abigail Cowen definitivamente se transformou em Bloom com um trabalho marcante em Fate: A Saga Winx.

Fate: A Saga Winx na Netflix

Abigail Cowen, a Bloom, é conhecida por O Mundo Sombrio de Sabrina. A atriz apareceu também em séries como Stranger Things.

O elenco ainda conta com Hannah van der Westhuysen (The Fugitives), Precious Mustapha (Endeavour), Eliot Salt (Gameface), Elisha Applebaum (Undercover Hooligan), Sadie Soverall (Rose Plays Julie), Freddie Thorp (Safe), Danny Griffin (So Awkward), Theo Graham (Hollyoaks), Jacob Dudman (The A List), Eve Best (Nurse Jackie), Robert James-Collier (Downton Abbey), Josh Cowdery (Animais Fantásticos e Onde Habitam) Alex Macqueen (The Thick of It) e Eva Birthistle (The Last Kingdom). 

No elenco de Fate: A Saga Winx, Mustapha é Aisha; Applebaum é a Musa; Salt fica com papel de Terra; Soverall entra na série como Beatrix; Thorp é Riven; Griffin fica como Sky; Graham tem o papel de Dane; e Dudman tem o papel de Sam. 

O showrunner da série é Brian Young. Iginio Straffi, criador da saga, fica na produção executiva. O seriado tem seis capítulos na primeira temporada.

“Decididas a controlar seus poderes mágicos, cinco adolescentes encaram rivalidades, romances e estudos do mundo sobrenatural em uma escola para fadas”, diz a sinopse do seriado da plataforma.

Fate: A Saga Winx, a série live-action de O Clube das Winx, já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio