Atriz de Sex Education defende The Crown em polêmica

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gillian Anderson, de The Crown, avaliou a precisão em torno da representação da família real na série da Netflix.

O secretário de cultura, Oliver Dowden, gerou debate entre os espectadores da série por declarar publicamente que o programa deveria vir com uma isenção de responsabilidade, alertando que os eventos são uma “obra de ficção, não um fato”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, a Netflix recusou o pedido, dizendo que não sentiam “nenhuma necessidade” de que o programa, baseado em eventos históricos, deveria vir com um aviso.

Agora, Gillian – que interpretou Margaret Thatcher na série – seguiu o exemplo e descartou a indignação como “drama por drama”.

Em declarações à revista InStyle, Gillian (que também faz parte do elenco de Sex Education) disse: “É muito óbvio que estamos fazendo uma série e que são personagens baseados em pessoas da vida real.”

“Para mim, parecia apenas drama por drama. Mas eu entendo que há muitas pessoas investidas.”

Em defesa da série

“Há muitas coisas que poderiam ter sido escritas – mas não foram -, isso é muito pior do que o que acabou na série”, a estrela de Sex Education continuou.

“Tem havido gentileza estendida em certas áreas onde não precisava ser.”

Seu sentimento foi ecoado por outros membros do elenco, incluindo Josh O’Connor, que interpretou o Príncipe Charles nas temporadas três e quatro.

Em declarações ao LA Times, o ator de The Crown explicou: “A minha opinião pessoal é que o público compreende.”

“Você tem que mostrar a eles o respeito e entender que eles são inteligentes o suficiente para ver o que realmente é, o que é pura ficção.”

Recentemente, Gillian foi indicada ao Globo de Ouro por interpretar Thatcher, que ficou conhecida como a Dama de Ferro.

A quinta temporada do seriado está atualmente em pré-produção, com todo o elenco sendo alterado conforme ocorre um salto no tempo.

Acredita-se que o papel de Thatcher não aparecerá, já que ela deixou sua posição como Primeira-Ministra no final da temporada, ambientada em 1990.

The Crown já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio