Publicidade

Entenda polêmica que fez The Mandalorian demitir Gina Carano

Publicado por Victor Carvalho

11/02/2021 16:30

Quando The Mandalorian retornar para sua terceira temporada, os fãs vão notar que uma personagem sumiu.

Cara Dune não vai mais aparecer na série. Isto porque sua atriz, Gina Carano, foi demitida pela Lucasfilm e pela Disney.

Em um comunicado ao Hollywood Reporter, a Lucasfilm anunciou que não possui mais qualquer relação de trabalho com Carano, não pretendendo se envolver com ela futuramente, também.

Uma série derivada focada em Cara Dune até foi cogitada. Mas logo foi descartada pela Disney.

Embora a demissão possa parecer repentina, a controvérsia na verdade vem se desenrolando há meses.

Polêmicas que levaram à demissão

Diversas polêmicas contribuíram para a demissão de Gina Carano em The Mandalorian. Mas, basicamente, tudo diz respeito a uma coisa: redes sociais.

A postura de Gina Carano em seus perfis on-line vem sendo questionada há muito tempo, fazendo com que internautas criassem campanhas para sua demissão.

Em agosto de 2020, Carano se recusou a demonstrar apoio ao movimento Black Lives Matter, questionando aqueles que acusavam racismo nas redes sociais. A atriz e ex-lutadora de MMA chamou os “educadores” de “covardes e valentões”.

Em setembro do mesmo ano, quando acusada de ser transfóbica nas redes sociais, Gina Carano respondeu de forma sarcástica, adicionando as palavras “boop/bop/beep” em seu nome no Twitter como uma forma de zombar da escolha de pronomes.

Em novembro foi quando as coisas começaram a tomar um rumo bem mais polêmico. Em apoio a Donald Trump, Gina Carano começou a questionar os resultados das eleições que deram vitória a Joe Biden nos Estados Unidos, espalhando alegações sem evidências concretas para apontar uma fraude eleitoral.

No mesmo mês, Carano se demonstrou contra a utilização de máscaras contra a COVID-19, chegando a questionar abertamente a existência da pandemia do novo coronavírus.

Mais recentemente, em fevereiro de 2021, Gina Carano fez uma publicação explosiva no Instagram em que comparou o fato de ser republicano hoje em dia a ser um judeu durante o Holocausto. Ela também traçou um paralelo entre democratas e nazistas.

Segundo fontes do Hollywood Reporter, Disney e Lucasfilm já vinham querendo demitir Carano há tempos, e esta publicação teria sido a gota d’água.

Gina Carano ainda não fez nenhum comunicado sobre sua demissão de The Mandalorian. Além da série, a atriz também trabalhou em Velozes e Furiosos 6 e Deadpool.

No Brasil, The Mandalorian está agora disponível no Disney+.

Publicidade