Atenção! Contém spoilers da primeira temporada de Lupin!

Lupin estreou na Netflix no início de janeiro, e rapidamente conquistou o público internacional! A série francesa fez história como a primeira produção do país a estrear no Top 10 das mais assistidas dos Estados Unidos.

Protagonizada por Omar Sy (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido), Lupin acompanha a história de Assane Diop, um ladrão profissional que usa toda sua inteligência, carisma e malandragem para se vingar de uma poderosa família – responsável pela morte de seu pai.

Perfeita para uma maratona, a primeira parte de Lupin conta com apenas 5 episódios! Muita gente terminou a produção em apenas um dia, e grande parte dos fãs está ansiosa para a estreia da próxima leva de episódios.


Enquanto os novos episódios não estreiam, fãs compartilharam um furo no roteiro da série em redes sociais!

Confira abaixo!

O erro de Lupin

A maioria dos espectadores se apaixonou pela história de Lupin, mas mesmo assim parte dos fãs perceberam que algumas peças do grande quebra-cabeça da série não se encaixam tão perfeitamente.

Segundo usuários do Reddit, o grande erro de Lupin acontece no quinto episódio da série.

Na maior parte da trama de Lupin, o protagonista Assane é retratado como um criminoso invencível. Ele consegue escapar de qualquer problema com seus planos bem pensados e habilidade em prever as possibilidades do futuro.

De acordo com internautas, tudo isso muda no quarto episódio, o penúltimo da primeira parte.

Assane rastreia uma jornalista que tentou no passado destruir Hubert Pellegrini, o homem que o protagonista acredita ser responsável pela morte do pai.

A jornalista e o criminoso encontram uma antiga fita de vídeo com evidências dos crimes de Pellegrini, e Assane planeja divulgar o vídeo nas redes sociais.

Ao invés de simplesmente postar o vídeo, o protagonista apenas faz uma alusão ao conteúdo no Twitter.

Depois, Assane entra em contato com uma emissora de TV e decide revelar as falcatruas de Pellegrini ao vivo. Mesmo disfarçado, o protagonista é surpreendido pelo conteúdo da fita – editado pelo âncora do programa.

Pellegrino havia “comprado” o âncora do programa, que editou todas as partes incriminatórias do vídeo.

Usuários do Reddit apontaram o quão ridículo foi esse desenvolvimento, especialmente se comparado ao restante da série.

“A trama do vídeo não faz sentido nenhum! É algo que não passaria na TV mesmo há décadas atrás. O Assane tem habilidades de hacker e entende de tecnologia, mas não é inteligente o suficiente para fazer uma cópia do vídeo original?”, questionou um fã na rede social.

Outro fã afirma que Assane deveria estar a 10 passos na frente de todo mundo, mas que mesmo assim não se preocupou fazer uma cópia do vídeo.

“Como assim ele não faz uma cópia digital da evidência mais importante do caso? Isso não faz sentido”, comentou o espectador.

A primeira temporada de Lupin está disponível na Netflix.