Filme prova que The Walking Dead errou ao matar [SPOILER]

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Contém spoilers!

Steven Yeun é o astro do novo filme elogiado pela crítica Minari, e sua atuação prova que The Walking Dead desperdiçou o talentoso ator. O programa da AMC deu a Yeun seu papel de destaque como Glenn Rhee em sua primeira temporada.

O apocalipse zumbi transformou o entregador de pizza em um sobrevivente de raciocínio rápido, mas ele nunca se tornou insensível ou cruel. Apesar do lamentável estado de humanidade, Glenn nunca perdeu seu amor pela vida, nem sua compaixão pelos outros, tornando-o um personagem querido do público da série.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao longo de The Walking Dead, Glenn trouxe um senso de humanidade para a série, muitas vezes sombria.

Seu romance de The Walking Dead com Maggie Greene (Lauren Cohan), que levou a dupla a se casar e até mesmo conceber um filho juntos, forneceu um vislumbre de esperança para o mundo desolado do seriado. No entanto, a história de Glenn começou a vagar.

O terceiro episódio da sexta temporada, “Thank You”, terminou com Glenn aparentemente sendo devorado por zumbis, mas o nome de Steven Yeun estava faltando nos créditos.

A história foi deixada em suspenso por vários episódios antes de ser confirmado que Glenn realmente sobreviveu, e os órgãos que os zumbis comeram na verdade pertenciam a outro sobrevivente.

Deixar a falsa morte de Glenn sem resposta por tanto tempo matou efetivamente qualquer tensão que ela possa ter causado e reduziu o que deveria ter sido uma morte devastadora de personagem a um momento sangrento de mau gosto.

Para piorar as coisas, a morte real de Glenn foi igualmente polêmica. Na sétima temporada, o grupo principal de sobreviventes se viu nas garras de Negan (Jeffrey Dean Morgan), que espancou brutalmente Glenn até a morte.

A morte de Glenn foi extremamente gráfica, mesmo para os padrões de The Walking Dead, e cortou qualquer desenvolvimento de personagem que ele poderia ter passado como marido e pai.

O seriado desperdiçou não apenas o potencial de Glenn, mas também o talento de Steven Yeun em duas cenas baratas e chocantes. O grande elogio por seu desempenho em Minari torna esse erro dolorosamente óbvio.

Desperdício de talento

Fora de The Walking Dead, a carreira de Steven Yeun abrange gêneros e mídias, desde a comédia de terror e ação Mayhem até a série de animação Voltron: O Defensor Lendário, provando sua versatilidade.

Yeun emergiu como um queridinho da crítica depois de sua participação no suspense psicológico sul-coreano de 2018, Em Chamas, que recebeu aclamação quase universal.

Em Minari, Steven Yeun recebeu elogios por seu trabalho como Jacob Yi, um imigrante coreano tentando sobreviver como fazendeiro em Arkansas. Sua atuação foi verdadeira e comovente sem entrar no melodrama.

A narrativa do imigrante americano é familiar, mas Yeun evitou pintar com traços excessivamente amplos. Agora, Minari está sendo aplaudido por seu retrato íntimo de uma família perseguindo o sonho americano, e Yeun já foi indicado ao prêmio SAG por seu papel.

Apesar de Glenn ser um dos personagens mais amados de The Walking Dead, ele sempre foi rotulado como simplesmente “o mocinho”. Em contraste, Jacob Yi tinha muito mais camadas e Yeun retratou suas complexidades com maestria.

Isso prova que Glenn poderia ter sido muito mais, mas ele foi morto antes que seus próprios conflitos internos pudessem ser explorados.

Ao deixar Glenn, The Walking Dead não conseguiu perceber que estrela eles tinham em suas mãos com Steven Yeun, e todas as direções possíveis que ele poderia ter levado o personagem.

Como a temporada de prêmios de 2021 ainda não começou completamente, é improvável que os elogios para Minari e Steven Yeun parem de chegar tão cedo.

O longa-metragem está concorrendo ao Globo de Ouro de 2021 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, uma jogada que gerou polêmica. Embora seus personagens principais falem coreano, sua história e produção são distintamente americanas.

A decisão da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood foi mais um exemplo de histórias asiáticas sendo deixadas de lado em Hollywood, mas o próprio Yeun não é estranho a essas barreiras.

Em The Walking Dead, Glenn Rhee foi um bravo herói de ação que desafiou as representações estereotipadas de homens asiático-americanos na mídia. Perdê-lo também significou que o público asiático-americano perdeu um personagem que via em si mesmo.

No Brasil, The Walking Dead é exibida na TV paga pelo Star Channel, o novo nome da Fox no país.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio