Gina Carano é demitida de The Mandalorian e fãs reagem; veja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A demissão de Gina Carano de The Mandalorian pegou todos de surpresa, embora os comentários problemáticos da atriz fossem publicados ocasionalmente. Vamos ver, agora, o que os fãs estão dizendo.

Nas redes, muitos fãs apoiaram a decisão da Disney, tendo em vista o caráter antissemita e a falsa equivalência dos comentários de Carano, que comparou a situação atual dos republicanos nos EUA com a dos judeus durante o Holocausto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Muito feliz que a Gina Carano foi demitida de Star Wars”, tuitou uma fã.

“Chris Pratt lendo o que aconteceu a Gina Carano”, escreveu outro fã, com gif de Homer Simpson entrando em um arbusto. Chris Pratt também causou polêmica ao participar de uma Igreja homofóbica e ao apoiar a caça esportiva.

Gina Carano é a prova de que o antissemitismo corre solto nesse país”, tuitou outro fã.

Gina Carano merecia ser demitida. A personagem Cara Dune é extremamente interessante e merece continuar viva. Escalem outra atriz que tenha algum respeito e decência”, escreveu mais um fã.

“Grogu foi o primeiro a ver quem é Gina Carano de verdade”, tuitou outro fã, com uma imagem de Mandalorian de Grogu (bebê Yoda) enforcando a personagem da atriz, Cara Dune.

Veja os tuites originais, abaixo.

Entenda o caso de Gina Carano

Gina Carano foi demitida de todas as obras de Star Wars, incluindo The Mandalorian. A ex de Henry Cavill disse que ser republicano nos EUA hoje em dia é como ter sido judeu durante o Holocausto.

A intérprete de Cara Dune em The Mandalorian deletou o tuite fazendo a comparação desde então, mas não antes de chamar a atenção de toda a rede, incluindo a Lucasfilm, que prontamente desligou-a de Star Wars.

Gina Carano atualmente não é empregada pela Lucasfilm e não há planos para ela fazer parte da empresa no futuro”, disse um representante da Lucasfilm. “De qualquer forma, suas publicações nas redes sociais denegrindo pessoas baseado nas suas identidades culturais e religiosas são horrorosas e inaceitáveis”.

Gina Garano também não é mais representada pela agência UTA, que encerrou seu contrato com ela após o ocorrido, informa Ryan Parker e Aaron Couch, do THR.

Essa não é a primeira vez que a ex The Mandalorian causou polêmica nas redes. Anteriormente ela já compartilhou publicações duvidando da eficácia das máscaras e das vacinas contra a COVID-19. Em outras ocasiões, ela sugeriu, sem provas ou evidências, que as eleições presidenciais estadunidenses em 2020 foram fraudadas.

“Eles estavam procurando por uma razão para demití-la há dois meses e essa foi a gota d’água”, disse uma fonte interna da Lucasfilm ao THR.

Os planos iniciais era para que Gina Carano tivesse sua própria série de Star Wars no Disney+ e isso seria revelado na apresentação de investidores da Disney, que ocorreu em dezembro de 2020. Esses planos foram descartados quando Carano fez publicações impróprias nas redes em novembro.

Até o momento há diversas séries anunciadas de Star Wars, incluindo Rangers of the New Republic, que poderia ter Gina Carano como protagonista.

Ainda é incerto se a personagem será descartada completamente, ou se irão escalar outra atriz para o papel.

A ex The Mandalorian, ou representante dela, ainda não se manifestou. A série está disponível no Disney+.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio