Lupin estreou na Netflix no início de janeiro, e rapidamente conquistou o público internacional! A série francesa fez história como a primeira produção do país a estrear no Top 10 das mais assistidas dos Estados Unidos.

Protagonizada por Omar Sy (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido), Lupin acompanha a história de Assane Diop, um ladrão profissional que usa toda sua inteligência, carisma e malandragem para se vingar de uma poderosa família – responsável pela morte de seu pai.

Por sua trama cheia de assaltos e criminosos, Lupin foi bastante comparada a La Casa de Papel, outro sucesso da Netflix.


Mas afinal de contas, qual das séries é a melhor? O site Screen Rant apresentou argumentos para os dois lados; confira abaixo!

Lupin – Redenção

La Casa de Papel tem uma história muito interessante, mas Lupin se destacou pelos atos de vingança do protagonista Assane. Enquanto os espectadores podem sentir a paixão do Professor pelos assaltos, os crimes ganham um teor um tanto quanto egoísta.

No caso de Lupin, toda a trama leva à redenção. O protagonista sabe que o pai é inocente, e mesmo após 25 anos, ainda busca limpar seu nome.

La Casa de Papel – Ação

La Casa de Papel se destacou com o público internacional por suas eletrizantes cenas de ação. Os assaltos são super bem planejados, e os personagens principais não têm medo de se envolverem em tiroteios e confrontos com a polícia.

É como se os criadores de Lupin tivesse adotado o caminho oposto. A série desenvolve sua história sem grandes cenas de ação ou violência.

Lupin – Time

Em La Casa de Papel, o Professor conta com cerca de 8 ajudantes para cada assalto. Já em Lupin, o “time” é na verdade uma dupla formada por Assane e Benjamin.

Segundo o Screen Rant, com uma equipe menor, o público tem maiores chances de conhecer e se identificar com os personagens. Além disso, o número faz mais sentido para uma atividade tão secreta.

La Casa de Papel – História

La Casa de Papel contou com uma única direção desde o início, construindo cada temporada de acordo com os planos do Professor. Já Lupin acaba errando o alvo algumas vezes com tramas desnecessárias.

Uma dessas tramas é a da ex-esposa de Assane. Em um dos episódios da série, o protagonista dá a ela uma grande quantidade de dinheiro, sem explicar como isso se relaciona com a história original da produção.

Lupin – Protagonista

O Professor é um personagem bastante interessante, conhecido principalmente por sua inteligência. O charme do protagonista, no entanto, não chega nem perto do carisma de Assane.

Com uma interpretação magistral de Omar Sy, o protagonista de Lupin conseguiu conquistar o público do mundo inteiro. Além disso, Assane já provou que tem boas habilidades de luta, algo que falta no Professor.

La Casa de Papel – Suspense

Na trama de La Casa de Papel, tudo pode dar errado a qualquer momento! Mesmo com o Professor arquitetando todos os planos com o máximo possível de cuidado, imprevistos acontecem – Nairóbi que o diga.

Por isso, a série consegue manter o suspense por todas as temporadas, deixando os espectadores aflitos e curiosos. A vibe de Lupin é diferente, e foca mais na personalidade de Assane do que no suspense em si.

La Casa de Papel e Lupin estão disponíveis na Netflix.