Origem de personagem de Os Simpsons é revelada e surpreende fãs

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como resultado de quantos personagens o seriado tem, Os Simpsons apresentou uma série de episódios focados nas histórias de fundo de vários moradores de Springfield.

No interesse da variedade, isso também significa que às vezes essas histórias completas podem ser um pouco surpreendentes, como as origens inesperadas do amigo de Homer, Carl Carlson, que na verdade é islandês.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A história de Os Simpsons tem sido notavelmente fluida ao longo dos anos, com vários personagens de fundo especialmente recebendo histórias únicas e inesperadas. Um dos mais alterados é Carl, que trabalha com Homer na Usina Nuclear.

Um cliente frequente no Bar do Moe e um dos melhores amigos de Homer, alguns episódios sugerem que Carl está em Springfield toda a sua vida e é amigo de Homer e Lenny há anos.

Outros episódios, entretanto, referenciaram uma história de fundo mais única para o personagem, com “Scuse Me While I Miss The Sky” da décima quarta temporada sugerindo que ele na verdade cresceu na Islândia.

Essa parte da história de Carl acabou vindo para o primeiro plano na vigésima quarta temporada de Os Simpsons, “The Saga of Carl”.

Origem surpreendente

No episódio, Homer, Moe, Lenny e Carl ganham US$ 200.000 na loteria de Springfield. No entanto, Carl rapidamente pega todos os ganhos e desaparece, levando os outros três homens a tentar descobrir a verdade sobre o que aconteceu. Acontece que Carl é, na verdade, originalmente da Islândia, onde foi criado por seus pais adotivos.

Os Carlsons também se revelaram uma família infame na cultura islandesa, pois seus ancestrais são insultados pelo público por sua parte em permitir que os invasores vikings devastassem as terras locais.

Carl roubou o dinheiro para comprar um pedaço perdido de uma tapeçaria histórica, que ele acredita que exonerá sua família. Os outros três homens roubam a peça da tapeçaria de Carl em vingança, apenas para descobrir que a tapeçaria na verdade não apenas confirma a traição dos Carlsons, mas revela que foi muito pior do que qualquer um sabia.

Com pena do amigo, os três acabam falando com os outros cidadãos da Islândia, argumentando que Carl provou ser um homem bom o suficiente para garantir que o nome da família seja pelo menos parcialmente resgatado.

Isso muda a opinião sobre os Carlsons quase que instantaneamente, e Carl é capaz de apresentar seus pais aos três. Carl então abraça Homer, Lenny e Moe em prantos, admitindo que ele estava errado em pensar que eles não eram seus verdadeiros amigos.

Carl acaba voltando para Springfield ao lado deles, e o grupo volta para suas vidas, com Homer até dando uma festa para todos.

“The Saga of Carl” é uma exploração surpreendentemente profunda do personagem e seu lugar em Os Simpsons. Em termos de tema, o episódio foca amplamente na ideia de amizade masculina, e se apenas sair e fazer “coisas de homem” na verdade constitui uma amizade.

Em seus momentos mais frustrantes antes de se reconciliar com o grupo, Carl ressalta que nenhum deles tinha conhecimento de sua herança, pois nenhum deles se abre um para o outro.

Ainda assim, o amor de Carl por sua pátria adotiva é uma diversão secundária para o personagem e ajuda a dar corpo a alguém frequentemente usado apenas para comentários sarcásticos ou piadas rápidas.

No Brasil, Os Simpsons está agora disponível no Disney+. A série animada também é exibida pela Fox.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio