Primeiro episódio de Grey’s Anatomy já revelava morte de [SPOILER]

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Contém spoilers!

Grey’s Anatomy mostrou a maioria de seus personagens mais populares e amados deixar a série de maneiras diferentes, mas uma das partidas mais dolorosas foi a de George O’Malley (T.R. Knight), e para torná-la mais dolorosa, sua morte foi sutilmente indicada logo no primeiro episódio.

Criada por Shonda Rhimes, Grey’s Anatomy estreou na ABC em 2005 e foi inicialmente uma substituição de meio da temporada, mas rapidamente ganhou o elogio da crítica e dos telespectadores, permitindo que continuasse por mais de uma década.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Grey’s Anatomy continua a ser bastante popular e, como tal, não mostra sinais de parar em breve, mesmo que muitos personagens queridos dos fãs já tenham partido.

Grey’s Anatomy segue a premissa básica dos dramas médicos e acompanha a vida de internos, residentes e assistentes cirúrgicos enquanto eles fazem o seu melhor para conciliar suas vidas profissional e pessoal, que muitas vezes se sobrepõem e dão lugar a muito drama.

A série é liderada por Meredith Gray (Ellen Pompeo), que começou como estagiária no Seattle Grace Hospital ao lado de alguns dos personagens queridos do público: Cristina Yang (Sandra Oh), Izzie Stevens (Katherine Heigl), Alex Karev (Justin Chambers), e George O’Malley.

Este último conquistou os corações dos telespectadores e personagens da série, mas infelizmente, seu tempo chegou ao fim na sexta temporada de uma forma muito brutal e comovente.

Ao contrário de seus colegas estagiários, George lutou com sua carreira e, quando parecia ter encontrado seu caminho como cirurgião de traumas, tomou a repentina decisão de ingressar no Exército dos Estados Unidos no Iraque.

Richard Webber deu-lhe seu último dia de folga para que ele pudesse passar algum tempo com sua família antes de partir, mas no caminho para casa, ele fez um último ato heroico quando pulou na frente de um ônibus para salvar a vida de uma mulher.

O acidente o deixou gravemente ferido e desfigurado, a ponto de os médicos não saberem quem ele era até que traçou “007” (um de seus muitos apelidos) na mão de Meredith.

Infelizmente, o cérebro de George inchou durante a cirurgia e ele foi declarado com morte cerebral. A morte de George foi chocante e trágica, mas Grey’s Anatomy indicou sutilmente seu fim no primeiro episódio da série.

Morte indicada desde cedo

No episódio de estreia de Grey’s Anatomy, intitulado “A Hard Day’s Night”, os espectadores seguem o grupo de estagiários mencionado acima em seu primeiro turno de 48 horas, o que não acontece bem – Meredith tem dificuldades com seu primeiro paciente, Izzie acha que Meredith está tentando “progredir” dormindo com Derek Shepherd (Patrick Dempsey), e George ganha seu apelido “007” já que todos os seus pacientes iniciais são declarados mortos.

George então pergunta à equipe se eles “vão sobreviver a isso”, já que todos tiveram um primeiro turno muito difícil, e isso serve como um presságio duplo: primeiro, é uma indicação para George não passar no exame de estagiário, sendo o único do primeiro grupo de estagiários que não “sobreviveu” ao estágio e, segundo, ele é o único do grupo que morreu (Cristina mudou-se para a Suíça, Izzie saiu para começar de novo e Alex se reencontrou com ela anos depois).

Esta não é a única parte (comovente) de um prenúncio que Grey’s Anatomy teve, e fez o mesmo com a morte de Derek. George retornou brevemente na décima sétima temporada de Grey’s Anatomy em um dos sonhos/alucinações induzidos por COVID de Meredith, mostrando o quão importante ele era para ela.

George O’Malley ainda é um dos personagens mais queridos da série, e essa indicação sutil no primeiro episódio da série só torna sua morte ainda mais trágica.

No Brasil, Grey’s Anatomy está agora disponível em serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video e Globoplay.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio