Veja a verdade sobre o Hotel Cecil, que faz sucesso em série da Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil já é um sucesso estrondoso para a Netflix.

A série documental estuda o caso de Elisa Lam. Ela era uma hóspede no Hotel Cecil, que foi encontrada morta em uma de suas caixas d’água.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Embora as autoridades tenham concluído que foi um afogamento acidental, as circunstâncias misteriosas do caso são debatidas até os dias de hoje.

O Hotel Cecil já conta com uma fama muito assustadora. Muitos casos macabros já aconteceram por lá desde que foi construído.

Foco de casos bizarros

De acordo com o House Beautiful, o primeiro suicídio no hotel aconteceu em 1931, sendo seguido por mortes semelhantes, acredite ou não, em 1932, 1934, 1937, 1938, 1939, 1940 e 1962.

Em 1944, uma mulher assassinou seu recém-nascido no prédio. Além disso, a atriz Elizabeth Short foi vista bebendo no bar do Hotel Cecil pouco antes de seu desaparecimento (seu corpo foi mais tarde encontrado esquartejado e mutilado num crime que permanece sem solução).

Em 1964, outro crime sem solução envolvendo o Hotel Cecil ocorreu quando o inquilino Goldie Osgood foi brutalmente assassinado por razões desconhecidas.

Nos anos 80, o assassino em série Richard Ramirez ficou no hotel por um tempo. Ele era conhecido como o “Perseguidor da Noite”.

Já na década de 90, outro assassino em série morou no Hotel Cecil: Jack Unterwege, um austríaco que foi contratado para analisar as atitudes culturais do trabalho sexual nos Estados Unidos, mas logo começou uma terrível matança de trabalhadoras do sexo.

Em 2017, o Hotel Cecil foi oficialmente considerado um monumento histórico de Los Angeles. A áurea macabra deu ao hotel uma fama indescritível, atraindo turistas curiosos – e corajosos.

No Brasil, Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil está agora disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio