Estrela de Jane the Virgin retorna para TV e terá série na Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix está montando um elenco estelar para sua próxima versão animada e em live-action do livro do autor e ilustrador William Joyce, Ollie’s Odyssey, de acordo com o Hollywood Reporter.

Gina Rodriguez (Jane the Virgin), Jake Johnson (New Girl) e o jovem Kesler Talbot (50 States of Fright) vão estrelar a parte em live-action da minissérie de drama familiar do produtor executivo de Stranger Things, Shawn Levy.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jonathan Groff (Hamilton, Frozen), Mary J. Blige (Power Book II: Ghost) e Tim Blake Nelson (Watchmen) conduzirão o elenco de vozes.

Aprovada pela Netflix em outubro de 2020, Lost Ollie, de quatro episódios, conta a história de um brinquedo perdido em uma aventura épica, procurando em todo o país pelo menino que o perdeu, e a história do menino que perdeu mais do que um melhor amigo.

Novo projeto da Netflix

Groff fará a voz de Ollie, o coelho de brinquedo feito à mão que é o melhor amigo de Billy, até que um dia ele acaba em uma loja de revenda, não tendo como voltar para casa. Ele parte em um caminho para encontrar Billy. Talbot fará o papel de Billy, o menino que embarca em uma missão para encontrar seu brinquedo perdido.

A atriz de Jane the Virgin interpretará a mãe de Billy, Sharon, que inspira a criatividade de seu filho. Johnson é definido como o pai sobrecarregado e estressado de Billy, James.

Blige dará voz a Rosy, uma ursinha de pelúcia que se torna a aliada de Ollie em sua busca para encontrar Billy. Nelson completa o elenco de voz como Zozo, um boneco palhaço com uma velha alma que concorda em ajudar Ollie em sua jornada.

Shannon Tindle (Coraline e o Mundo Secreto) criou a série e escreveu os roteiros.

Ele produz ao lado de Shawn Levy e Josh Barry por meio de seu banner da 21 Laps Entertainment, junto com Brandon Oldenburg, Lampton Enochs e Peter Ramsey da Flight School Studios (Homem-Aranha no Aranhaverso), com este último a bordo para dirigir todos os episódios.

A animação será feita via Industrial Light + Magic (The Mandalorian), que está criando personagens em CGI para a série. A produção está em andamento em Vancouver.

A série está em andamento há mais de quatro anos e foi um dos primeiros projetos que o diretor de séries para a família e jovens adultos da Netflix, Teddy Biaselli, escolheu após ingressar no serviço de streaming.

“Eu vi no projeto a história universal de perda com a qual todos nós, não importa a idade, podemos nos identificar”, escreveu Biaselli em um post no blog da Netflix vinculado à aprovação formal do seriado em 2020.

A data de estreia de Lost Ollie, com Gina Rodriguez, de Jane the Virgin, ainda não foi determinada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio