“Uma honra ser odiado por fãs da Marvel”, diz novo Capitão América

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um novo Capitão América já está entre nós e foi apresentado ao público no final do primeiro episódio de Falcão e o Soldado Invernal, a nova série de TV da Marvel Studios.

O episódio de estreia da série, “New World Order”, terminou com o governo dos Estados Unidos declarando publicamente a necessidade de “novos heróis”, seis meses depois que Steve Rogers (Chris Evans) cedeu o escudo em Vingadores: Ultimato.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Steve, de 112 anos, entregou o escudo a seu aliado de confiança Sam Wilson (Anthony Mackie) que, em Falcão e o Soldado Invernalm foi pego de surpresa quando o governo apresentou John Walker (interpretado pelo ator Wyatt Russell) sob um slogan cativante: “O Capitão América está de volta.”

“As pessoas provavelmente vão odiar e algumas vão adorar”, disse Russell ao USA Today. “Filmes e séries existem para fazer as pessoas sentirem emoções, e espero que seja isso que esse seriado possa fazer pelas pessoas. Espero que eles não me odeiem muito. Mas seria uma honra, eu acho, ser desprezado no Universo Marvel.”

Após a revelação do final do episódio de John Walker como novo Capitão América, os espectadores acessaram o Twitter com a hashtag #NotMyCap – uma frase que apareceu nos quadrinhos da Marvel recentes, onde Sam Wilson empunhava o escudo como o novo Capitão América.

“Eu não acho que realmente existiram muitos personagens do MCU que tiveram o mesmo dilema que ele teve em termos de tentar se encaixar neste tipo de mundo de super-heróis moralista”, disse Russell sobre Walker, que os leitores de quadrinhos reconhecerão como Agente Americano.

“Ele foi empurrado para este papel como Capitão América e vai fazer do seu jeito, e ele quer fazer da maneira certa. Mas o jeito dele é uma maneira muito específica que ele aprendeu sendo basicamente um caçador humano treinado.”

“Quero dizer, isso é o que os fuzileiros navais são. Eles não são Steve Rogers, eles não são os mesmos. Eles não são mais como os escoteiros. Eles são um pouco mais perturbados”, finalizou o ator.

Quem é John Walker?

Em Falcão e o Soldado Invernal, John Walker é interpretado por Wyatt Russell, filho de Kurt Russell. O veterano até aparece na Marvel como Ego (em Guardiões da Galáxia 2).

Assim como na série dos Vingadores, John Walker ganha o manto do Capitão América também nos quadrinhos. Porém, eventualmente, o personagem se torna o Agente Americano.

Ao contrário de Steve Rogers, esse Capitão América foi criado para ser controlado pelo governo dos Estados Unidos. A criação dele é dos anos 1980, por Mark Gruenwald, que queria ter um “anti-Capitão América”. Na visão do quadrinista, o patriotismo de John Walker chega a ser maligno.

John Walker não chega como um vilão e tenta até seguir o Capitão América. Porém, ele é mais brutal e tem um método de operar diferente – nos quadrinhos, chega a matar vilões ou ferir gravemente.

Nos quadrinhos, o personagem assume o manto do Capitão América após o governo ignorar Nick Fury, por estar velho, e Sam Wilson – o Falcão, pelas autoridades não aceitarem um Capitão América negro.

Ao que parece, Falcão e o Soldado Invernal pode tocar na mesma história, trazendo a temática do racismo ao MCU.

No Brasil, Falcão e o Soldado Invernal está agora disponível no Disney+. Um novo episódio da série da Marvel é lançado por semana.



Assine e assista a série somente no Disney+!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio