Série da Netflix tem a cena de pegação mais quente do ano; veja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix tem um catálogo variado e até trouxe de volta ao sucesso um gênero que não estava em alta em Hollywood. Dramas eróticos se tornaram bastante procurados na plataforma.

Em 2021, há até quem diga que a Netflix já tem a cena de pegação mais quente do ano. E há um detalhe que surpreende a todos nessa avaliação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cena em questão não pertence a um drama erótico. Pelo contrário, está em uma série feita para maiores de 16 anos.

O momento sai de Ginny & Georgia, conforme o Decider. Algo é certo: a série está fazendo um grande sucesso na Netflix.

(Cuidado! A partir daqui há SPOILERS sobre Ginny & Georgia)

O site afirma que essa cena, que é a mais quente do ano, é a de “sexo com roupa”. O momento acontece no nono episódio da primeira temporada na Netflix.

Ginny encontra Marcus após o acidente de moto e por mais que ele não mereça, tudo começa com a frase, “Eu realmente gosto da sua cara”. Os dois começam a se beijar e ele a pega e a coloca no colo.

A descrição da cena é comum em várias séries. Mas, o site explica o motivo do momento de Ginny & Georgia ser o mais quente do ano.

Cena quente de Ginny & Georgia

Para o site, o erotismo da cena começa nas expressões dos atores. Por mais que estejam com roupas, a atriz Antonia Gentry (que é maior de idade apesar de interpretar uma adolescente) demonstra como se estivesse sentindo um prazer real.

Não apenas isso, ao Marcus pegá-la, Ginny tem expressões também de surpresa. Assim, os atores dão todo diferencial do momento.

“Essa cena é quente, coloque vários emojis de fogo, é quente. Ele está arriscando uma concussão pelos atos dele. O jeito que eles se movem no mesmo ritmo, ao som de No Sudden Moves de Julia Nunes é sexy. As mãos no quadril dela, a respiração: podíamos ter assistido um episódio inteiro disso”, afirma o site.

Outro ponto importante que o site relata é que Ginny & Georgia mostra jovens no começo da vida sexual. Ao contrário de outras séries, não parece “perturbador”.

“O contato dos olhos, o balanço entre os dois e existe uma conexão real entre os personagens que compramos. Porque é isso: sem ser estranho (os atores são maiores de idade), eu devo lembrar que são estudantes de ensino médio. Por que mais séries não exploram o mundo do sexo com roupa? Parece mais apropriado para a idade e um jeito honesto de explorarem os corpos, além de divertido”, completa o site.

O Decider lembra que os dois acabam fazendo sexo. Mas, para o site tudo é mais quente por explorar essa preliminar e dar destaque para isso, sem parecer estranho. Para o site, tudo é sexy na cena.

Ginny & Georgia na Netflix

A série acompanha a adolescente Ginny e sua mãe Georgia, que se mudam para uma pequena cidade de New England. Um jovem vizinho passa a voltar suas atenções para Ginny, e o dono de um restaurante vira o admirador de Georgia.

Diferente de muitas séries do estilo, Ginny & Georgia não foge de temas polêmicos como saúde mental e racismo.

As cenas mais pesadas foram criadas com a ajuda de psicólogos, que atuaram para garantir o maior nível de honestidade e veracidade.

O elenco de Ginny & Georgia conta com Brianne Howey (The Exorcist), Antonia Gentry (Candy Jar), Diesel La Torraca (Little Monsters), Sara Waisglass (Degrassi), Jennifer Robertson (Schitt’s Creek), Fellix Mallard (Locke & Key), Scott Porter (The Good Wife) e Raymond Ablack (Orphan Black).

A primeira temporada de Ginny & Georgia está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio