Vai acabar? Criadora de Grey’s Anatomy escreveu final SEIS vezes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O drama médico da TV nunca mais foi o mesmo desde a estreia de Grey’s Anatomy, o sucesso de longa data para o qual a criadora da série Shonda Rhimes escalou um conjunto diversificado de atores para interpretar um grupo de médicos unidos.

Na verdade, você poderia dizer que a própria televisão passou por uma transformação dramática em meio à ascensão de Shondaland, que se tornou mais do que apenas o nome da produtora de Rhimes, mas praticamente um mundo próprio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Natural de Chicago, nascida em 13 de janeiro de 1970, ela conseguiu seu primeiro trabalho importante escrevendo o roteiro para o filme original da HBO de 1999, Dorothy Dandridge – O Brilho de uma Estrela, estrelado por Halle Berry em uma atuação vencedora do Globo de Ouro e do Emmy como a cantora atingida pela tragédia.

Mais de duas décadas depois, Shonda Rhimes é uma das mais renomadas produtoras de TV do ramo por, além de Grey’s Anatomy e seus dois derivados, criar o drama político Scandal e produzir How to Get Away with Murder, entre outros projetos notáveis que lhe renderam muitos elogios por sua devoção à diversidade cultural no entretenimento.

No entanto, Shonda Rhimes não alcançou seu sucesso por acidente e sua história, desde as raízes de seus empreendimentos criativos até sua parceria mais recente com a Netflix, é tão fascinante quanto inspiradora.

Rhimes é, além de tudo, uma produtora organizada e uma escritora que pensa em planejamento – tanto que já elaborou um fim para Grey’s Anatomy de diferentes maneiras.

Planejamento para o final

Com dezessete temporadas (e contando), Grey’s Anatomy durou mais do que qualquer drama médico no horário nobre da história, o que Shonda Rhimes acabou aceitando.

Ao falar com a Entertainment Weekly em 2018 sobre a longevidade da série, a criadora revelou que ela realmente escreveu um final adequado para a série “pelo menos seis vezes” apenas para ver a história continuar após cada instância.

Agora, Rhimes não se preocupa mais em imaginar o que o final pode ser, acrescentando, numa brincadeira, que sua filha e as filhas da produtora Krista Vernoff podem assumir o seriado um dia.

No Brasil, Grey’s Anatomy está agora disponível em serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video e Globoplay. Na TV, a série é exibida pela Sony.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio