Vilão de Falcão e o Soldado Invernal já apareceu na Marvel e fãs não lembram

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Até agora, o papel da lenda do UFC, Georges St-Pierre, no MCU incluiu apenas um pequeno papel e 90 segundos de luta, quando, em Capitão América 2: O Soldado Invernal, ele tentou nocautear o super-herói – de uma forma nada convencional – com uma série de chutes e reviravoltas progressivamente acrobáticas.

Ele perdeu depois que o Capitão América o chutou no rosto. Tudo o que podemos dizer é que Capitão América teve sorte de que o adversário não o levou para o chão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Falcão e o Soldado Invernal, St-Pierre está de volta como o mesmo personagem, Georges Batroc, ou Batroc, o Saltador, que fez sua primeira aparição nos quadrinhos em 1966.

Nos quadrinhos da Marvel, Batroc luta contra todos, de Homem-Aranha a Pantera Negra. Ele aparece o tempo todo como um ladrão geral, pirata, mercenário, super soldado ou só um cara durão.

A escalação de St-Pierre para o papel parecia bastante óbvia. Embora St-Pierre seja canadense, como Batroc, ele fala francês fluentemente e tem experiência em artes marciais mistas. Batroc luta usando kickboxing, muay thai, caratê e savate.

Na vida real, Georges St-Pierre pratica Karate Kyokushin e jiu-jítsu brasileiro, mas é capaz de demonstrar outros estilos.

Breve aparição em Capitão América 2: O Soldado Invernal

Até este ponto, Batroc não foi uma força formidável no MCU. Em Capitão América 2: O Soldado Invernal, Nick Fury o contratou para sequestrar um navio a fim de fornecer cobertura para a Viúva Negra roubar arquivos da SHIELD. Fury estava procurando a prova de uma conexão da HYDRA.

Capitão América não sabia do plano e estava lá apenas para salvar os reféns. Ele corre para Batroc e o espanca. Batroc mais tarde escapa apenas para ser preso por agentes da SHIELD em Argel. Para onde ele foi depois de sua captura, ninguém sabe. Nos quadrinhos, Batroc depois se junta a Capitão América contra a HYDRA.

Em Falcão e o Soldado Invernal, Batroc pode estar voltando com um papel maior. Ele aparece no primeiro episódio, novamente como um pirata em geral. Sam Wilson/Falcão consegue detê-lo e toda a sua tripulação sozinho, no entanto (foi necessária uma equipe inteira liderada pelo Capitão América da última vez).

Batroc foi capaz de saltar de paraquedas em segurança após seu encontro com Sam, entretanto, então ainda poderia haver mais lutas pela frente para este pirata do ar e do mar.

Alguns apontaram o efeito de Batroc no escudo do Capitão América. O chute lateral voador de Batroc pareceu criar um impacto maior em Capitão América do que o martelo de Thor e até mesmo os socos de Thanos.

Ainda assim, Batroc não possui nenhuma habilidade sobre-humana nos quadrinhos da Marvel. Ele é apenas um lutador habilidoso. Talvez Falcão e o Soldado Invernal dê a Batroc um papel maior e um conjunto maior de habilidades em seus próximos episódios.

No mínimo, os fãs esperam mais de 90 segundos e algumas cenas de luta de St-Pierre. A franquia do Capitão América sempre trouxe alguns dos melhores trabalhos de dublê da Marvel.

Falcão e o Soldado Invernal, da Marvel, está agora disponível no Disney+. Um novo episódio da série é lançado por semana.



Assine e assista a série somente no Disney+!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio