Após ser exibido na Netflix, caso trágico ganha resposta

Caso mostrado em Mistérios sem Solução foi oficialmente considerado um homicídio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um caso mostrado em Mistérios sem Solução teve uma importante atualização.

Como os fãs devem se lembrar, um episódio da série documental abordou a morte de Alonzo Brooks. Em 2004, o jovem desapareceu depois de ter sido deixado em uma festa por amigos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quase um mês depois, seu corpo foi encontrado em cima de arbustos e galhos em um riacho.

Um exame indicou que Brooks não tinha nenhum osso quebrado, nenhum sinal de traumatismo ou lesão contundente. Com tantas circunstâncias misteriosas, uma causa da morte não foi determinada na época.

Agora, de acordo com a CNN, o procurador-geral dos Estados Unidos, Duston Slinkard, anunciou em um comunicado que, depois de uma nova autópsia por um legista das Forças Armadas, foi determinado que a morte do jovem é oficialmente considerada um homicídio.

“Já sabíamos que Alonzo Brooks morreu sob circunstâncias muito suspeitas. Este novo exame, feito por uma equipe dos melhores patologistas e especialistas forenses do mundo, confirma que não foi um acidente.”

“Alonzo Brooks foi morto. Estamos fazendo tudo o que podemos para levar os responsáveis à justiça, e não pouparemos esforços.”

Alonzo Brooks era um dos únicos três homens negros presentes na festa em que estava. Muitos suspeitam que ele tenha sido vítima de um crime de ódio.

No Brasil, Mistérios sem Solução está agora disponível na Netflix.

Ibrahimović vira astro da Netflix

A Pathé anunciou o elenco do novo filme de Asterix e Obelix, que leva o subtítulo The Middle Kingdom. O quinto filme em live-action da franquia terá Zlatan Ibrahimovic. A distribuição internacional é da Netflix.

O jogador de futebol sueco, atualmente do Milan, se juntará a outros nomes famosos.

As filmagens começam nos próximos meses, com Guillaume Canet como Asterix e Gilles Lellouche como Obelix. Vincent Cassel será César, Marion Cotillard como Cleopatra e Jonathan Cohen como Finalthesis.

Além deles, o elenco do novo Asterix e Obelix traz Ramzy Bedia, Julie Chen, Linh-Dan Pham, Pierre Richard, e o já citado Zlatan Ibrahimovic como Oneofus.

Essa será a primeira participação de Zlatan Ibrahimovic como ator em longa-metragem. O filme também marca a primeira vez que Obelix não é interpretado por Gerard Depardieu em longa-metragem francês.

Guillaume Canet dirige o novo Asterix e Obelix. Já o roteiro foi assinado por Philippe Mechelen e Julien Hervé.

A Netflix vai distribuir o filme internacionalmente, mas ainda não foi confirmado se isso inclui o Brasil.

Não há previsão de estreia para o novo longa-metragem de Asterix e Obelix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio