Breaking Bad pode ter conexão com série inusitada de estrela

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a exibição do último episódio em 2013, Breaking Bad entrou para o seleto rol de séries clássicas cujo legado influencia a televisão até hoje. Muitos consideram a produção da AMC uma das melhores de todos os tempos.

A popularidade contínua de Breaking Bad é garantida também pela inclusão da série em plataformas como a Netflix, que permitem maratonas de episódios e deixam os fãs matarem todas as saudades.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente, fãs compartilharam uma teoria que une Breaking Bad com outra conhecida série de Bryan Cranston.

Confira abaixo!

Breaking Bad e Malcolm

Antes de Breaking Bad, Bryan Cranston era conhecido principalmente por sua performance como Hal Wilkerson, o atrapalhado mas amoroso patriarca da família da sitcom Malcolm in the Middle.

Embora o papel de Cranston em Malcolm e Breaking Bad sejam completamente opostos, uma teoria bizarra de fãs conecta os dois personagens.

Segundo a teoria, Walter White não morreu no final de Breaking Bad, mas sim abandonou o Novo México e assumiu a identidade de Hal Wilkerson. Com isso, Malcolm in the Middle seria uma continuação de Breaking Bad.

De acordo com os fãs, Walter White não morreu. O personagem teria deixado a família para trás ou entrado em um programa de proteção a testemunhas após aceitar colaborar com a polícia.

Com isso, o personagem se muda para a Califórnia e assume a identidade de Hal Wilkerson.

A teoria não leva em conta o fato de Malcolm in the Middle ter sido lançada – e ambientada – anos antes da produção de The Walking Dead.

A série contou com 7 temporadas exibidas entre 2000 e 2006. Breaking Bad, por sua vez, foi exibida entre 2008 e 2013.

A teoria também ignora os flagrantes problemas de continuidade, como os avanços tecnológicos e referências culturais mostrados nas duas séries.

Vale lembrar Hal se casou com Lois em 1982, impedindo assim a confirmação real da teoria dos fãs.

Deixando essa teoria de lado, Bryan Cranston já confirmou em várias entrevistas que Walter White realmente morreu no fim de Breaking Bad.

“Teorias como essa são divertidas! Mas o Walter White está realmente morto. Morto de verdade. Morto para valer. Mortinho da Silva”, comentou o astro.

Até mesmo a equipe de produção da série teve a oportunidade de brincar com a teoria.

Em um final alternativo incluído no box de DVDs da série, Cranston acorda como Hal e conta para a esposa Lois todo seu pesadelo como o Walter White de Breaking Bad.

Todas as temporadas de Breaking Bad estão disponíveis na Netflix, além da continuação El Camino.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio