Morte em Cobra Kai, da Netflix, é inspirada em tragédia real

Homenagens ao ator Rob Garrison

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após fazer grande sucesso como uma das melhores séries originais do YouTube Red, Cobra Kai finalmente fez sua estreia na Netflix, e desde então vem conquistando o público brasileiro e se mantendo entre as séries mais assistidas da plataforma.

No derivado e continuação de Karatê Kid, Ralph Macchio e William Zabka reprisam seus papéis da franquia. Os épicos adversários retornam para o dojo, trinta anos depois dos eventos do torneio de 1984.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Johnny Lawrence (Zabka) busca por redenção ao reabrir o famoso dojo, reacendendo a rivalidade com Daniel LaRusso (Macchio), que luta pela manutenção do equilíbrio em sua vida sem a ajuda do mentor, Sr. Miyagi.

Em um episódio bastante importante de Cobra Kai, Johnny parte para uma viagem de moto com os antigos colegas do Cobra Kai: Bobby, Jimmy e Tommy. O que muitos fãs não sabem é que um aspecto da viagem foi baseado em um momento trágico da vida real.

Homenagem emocionante em Cobra Kai

No início da viagem com os amigos, Tommy revela que foi diagnosticado com um câncer terminal. Ou seja, a excursão seria a última viagem dos membros originais do time do Cobra Kai em 1984.

Apenas Dutch não aparece, já que o ator que o interpretou no filme original, Chad McQueen, estava com a agenda cheia. Sua ausência é explicada pelo fato de Dutch estar servindo uma sentença na cadeia.

Os quatro amigos vivem ótimos momentos relembrando os dias de glória, se envolvendo em uma luta de karatê em um bar local e passando a noite sob o luar das montanhas.

Na manhã seguinte, Johnny, Bobby e Jimmy acordam e percebem que Tommy morreu durante a noite. Mesmo tristes, os três encontram confronto no fato de terem oferecido uma última noite de diversão para o amigo.

A narrativa reflete o que a série Cobra Kai teve a oportunidade de fazer pelo ator Rob Garrison na vida real. O ator já havia se aposentado da indústria do entretenimento, aparecendo em apenas um filme desde 1995.

Mesmo assim, o ator curtiu muito sua participação em Cobra Kai, interagindo com os fãs nas redes sociais e conquistando uma nova audiência com a série da Netflix.

Garrison até mesmo levantou a possibilidade de retornar na terceira temporada, seja em um flashback ou em um sonho de Johnny. Infelizmente, isso não pôde acontecer.

Enquanto filmava seu episódio em Cobra Kai, Garrison estava lutando na vida real contra um câncer no fígado.

Após meses batalhando contra a doença, Garrison foi internado com falha no fígado e nos rins. Um mês de internação depois, o ator acabou falecendo.

Rob Garrison morreu em setembro de 2019, aos 59 anos.

Em uma homenagem no Instagram, William Zabka revelou que mantinha uma grande amizade com Garrison desde as gravações de Karatê Kid nos anos 80. Os atores se conheceram nas audições para o longa.

“Trabalhar com ele sempre foi natural, sem esforço. Ele costumava elevar todas as cenas que participava. Além da atuação, ele era um dos caras mais gentis, humildes e caridosos que já conheci”, comentou o astro.

Ralph Macchio, o intérprete de Daniel LaRusso, também prestou seus sentimentos pela morte do ex-colega de elenco.

“Rob Garrison sempre foi um cara muito legal, desde nosso primeiro encontro até a última vez que nos falamos. Fico feliz dele ter tido a oportunidade de mostrar o alcance de sua atuação e seu coração genuíno em Cobra Kai”, afirmou o ator.

O primeiro episódio da terceira temporada de Cobra Kai foi dedicado à memória de Garrison, homenageando o ator com a icônica frase “Cobra Kai Nunca Morre”.

As três temporadas de Cobra Kai já estão disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio