Criadora de Sombra e Ossos ficou “aterrorizada” com adaptação da Netflix

Leigh Bardugo pensou bastante antes de aceitar que seu universo literário fosse adaptado para a tela

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sombra e Ossos chegou finalmente às nossas telas em uma nova adaptação dos romances de sucesso do Grishaverso, mas não foi fácil para a criadora da história entregar os direitos de seu trabalho.

A autora Leigh Bardugo disse ao Digital Spy que deixar o produtor Eric Heisserer e sua equipe desenvolverem sua própria versão de sua história e traduzi-la para a tela estava longe de ser uma decisão fácil para ela, admitindo que a perspectiva da série da Netflix era “muito assustadora”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu escrevi, até agora, cerca de nove livros neste universo, eu acho. Posso dizer que é absolutamente assustador entregar o trabalho da sua vida para alguém. É absolutamente assustador da maneira mais fundamental”, ela explicou.

No entanto, a autora sentiu que este era o momento certo para sua história ser adaptada para o público na tela, dizendo que ela não teria concordado em ir mais longe se suas primeiras conversas com Heisserer não tivessem sido tão “honestas e convincentes”.

“Eric Heisserer e eu nos sentamos no início e tivemos uma conversa muito aberta e honesta sobre o que queríamos mudar, o que sentíamos ser o cerne dessas histórias. E se essa conexão não tivesse parecido honesta e convincente, não acho que teríamos avançado”, disse ela.

“Tínhamos muito interesse por esses livros antes. Eu saía dessas reuniões com o pior sentimento nas entranhas.”

“Eu me sentei com meu agente e disse: ‘Não quero dizer sim.’ Ele disse: ‘Então não diga sim.’ Eu respondi: ‘E se as pessoas parassem de perguntar? Você diz não várias vezes e as pessoas param de convidá-la para dançar.’”

“Portanto, foi muito assustador fazer essa escolha. Mas foi como se estivéssemos esperando para encontrar os parceiros certos com a Netflix e Eric Heisserer.”

Mudanças na série

Sombra e Ossos é a nova grande e aguardada aposta da Netflix. A autora Leigh Bardugo, dos livros originais, explicou por que algumas grandes mudanças foram feitas no seriado.

A série é baseada no Grishaverso, que mostra uma versão fantasiosa da Rússia czarista, uma bem inovadora para a televisão.

Bardugo disse que mudanças tiveram de ser feitas a fim de garantir que a história de Alina Starkov fosse adaptada direito.

“Eu sei que tem havido ansiedade entre alguns leitores sobre como faríamos isso, mas eu só senti antecipação”, disse a autora a Lucas Hill-Paul, do Express.

“Para mim, não acho que uma adaptação deva ser precisa página a página. O importante é guardar a alma das histórias, o coração dos personagens, conservar os arcos de suas viagens”, continuou a autora de Sombra e Ossos.

A decisão partiu dela própria, já que o produtor de Sombra e Ossos, Eric Heisserer, queria que fosse bastante fiel inicialmente.

“Eu senti fortemente que isso não poderia funcionar”, disse Leigh Bardugo. “A maneira como eu penso é: você pode fazer o Frankenstein dos personagens, mas não pode fazer o Frankenstein dos enredos.”

Sombra e Ossos já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio