Está na Netflix? Melhor drama erótico dá lição para 365 DNI

Saiba tudo sobre as cenas explícitas da série Normal People

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2020, 365 DNI se destacou como um dos filmes mais polêmicos – e assistidos – da Netflix! Inspirado na série de romances eróticos de Blanka Lipinska, o filme polonês fez grande sucesso na Europa antes de ser disponibilizado pela plataforma nas Américas.

365 DNI conta a história de Laura Biel, uma jovem que sai de férias para Sicília com o namorado e amigos. No segundo dia da viagem, em seu aniversário de 29 anos, Laura é sequestrada pelo chefe de uma família da máfia siciliana, o jovem Massimo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com um passado marcado pela morte e violência, ele tenta fazer Laura o amar no período de 365 dias.

Mesmo se tornando um sucesso de audiência na Netflix, 365 DNI foi detonado pela crítica especializada por misturar sexo e violência, além de ignorar consentimento e outros aspectos importantes.

Outra série, além de contar com diversas cenas eróticas, dá uma lição para o filme ao provar que o sexo pode ser abordado com sensibilidade e responsabilidade.

Confira abaixo!

A trama de Normal People

Normal People é uma série produzida na Irlanda e que estreou em 2020 na Hulu. A produção foi lançada pelo serviço de streaming em abril do ano passado, e recebeu 4 indicações ao Emmy, incluindo Melhor Ator e Melhor Diretor.

A série é inspirada na obra literária homônima, e acompanha a relação de Connel Waldron e Marianne Sheridan, dois jovens que começam a interagir com o mundo adulto após concluírem o ensino médio e iniciarem os estudos na faculdade.

A série é marcada por sua visão honesta sobre as relações da modernidade e por suas quentes cenas explícitas de sexo.

Em um papo com o site Entertainment Weekly, a coreógrafa e especialista em intimidade Ita O’Brien falou sobre a filmagem das cenas mais explícitas.

“Se analisar a cena inicial, você nunca vê um corpo inteiro. Os artistas só aparecem acima da caixa torácica. A mesma sequência pode tornar um ator incrivelmente vulnerável, tudo varia de acordo com o ângulo da câmera. Honrar a história, a visão do criador e a coreografia é metade do processo, e o resto é só o posicionamento da câmera”, contou a especialista.

Questionada sobre uma cena em especial que traz os atores nus, O’Brien explicou as complicações de uma gravação desse tipo

“Os atores só ficam nus se a cena absolutamente precisar disso. Então, na maioria das vezes eles aparecem com shorts cor de pele ou roupas íntimas discretas. É sempre assim”, afirmou a coreógrafa.

Lição para 365 DNI

Na época de seu lançamento, 365 DNI foi extremamente criticado por trazer uma história que glamuriza a violência sexual. Afinal de contas, a protagonista Laura é literalmente sequestrada e sofre diversas outras violências nas mãos de Massimo.

Mesmo com as excitantes cenas eróticas, muita gente não conseguiu curtir o filme pelo tom pesado e violento de suas entrelinhas.

Assinantes da Netflix chegaram até mesmo a fazer uma petição com mais de 100 mil assinaturas para a retirada do filme da plataforma.

Segundo o documento, 365 DNI não é uma história de amor ou paixão, mas sim de assédio, abuso e violência.

Normal People, por outro lado, conta com cenas de sexo tão explícitas quanto as de 365 DNI. A série é repleta de nudez, cenas eróticas e momentos realmente quentes.

Mesmo assim, a produção não foi criticada, e o motivo é simples: Normal People aborda os temas sexuais com responsabilidade, ciente dos efeitos das narrativas do tipo na vida real.

“Acho que as cenas de sexo trazem algo a mais para a série. É isso que tento investir em meu papel de coordenadora de intimidade. Quando estávamos filmando, percebi que esse seria um conteúdo pioneiro. Estou muito orgulhosa de ter feito parte da produção”, comentou Ita O’Brien.

Normal People está disponível na Hulu, e 365 DNI continua no catálogo da Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio