Explicado por que temporada de The Walking Dead tem grande mudança

Fãs notam que imagem da série fica muito diferente a partir da reta final

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A 10ª temporada de The Walking Dead é praticamente dividida em três partes. Dessa vez na Netflix, os fãs futuramente devem notar a diferença. 

Além das duas tradicionais partes em que a temporada é dividida, a pandemia forçou mudanças. Por isso, o 10º ano da série de zumbis ganhou uma reta final com capítulos extras – que ainda não estão no streaming.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No 17º episódio, a imagem de The Walking Dead fica muito diferente. Os fãs que verem pela TV mesmo não precisam se preocupar, já que não é falha no aparelho dos espectadores. 

Home Sweet Home é o primeiro dos seis capítulos extras e foi filmado na pandemia do coronavírus (covid-19). Assim, o método de filmagem usado foi diferente. 

Com isso, há uma alteração em relação ao capítulo anterior, A Certain Doom. Ao Insider, a showrunner Angela Kang explicou que a série mudou de uma gravação em lentes 16mm para uma digital. 

“A decisão foi feita porque há menos pontos de contato”, explicou a chefe do seriado. Além disso, a equipe não precisa fazer trocas com frequência. 

A técnica, assim, é mais segura para pandemia. Com isso, ao menos esses capítulos finais têm esse visual diferente que alguns fãs de The Walking Dead podem estranhar. 

Uma curiosidade é que o seriado quase fez a mudança ainda na segunda temporada. Mas, a produção mudou de ideia para não perder o “visual de The Walking Dead”.  

A 10ª temporada de The Walking Dead

A 10ª temporada de The Walking Dead chega com uma conclusão aguardada. Os sobreviventes entram na grande batalha contra os Sussurradores.

A história começa meses depois do nono ano. Além disso, começa a preparar o fim, já que o seriado de zumbis foi cancelado na 11ª temporada.

The Walking Dead é uma história que começou há 10 anos com um homem tentando procurar a família. Aquela família cresceu e comunidades tomaram forma. Eles lutaram e sobreviveram, prosperaram e deram a luz para uma nova geração. É um conto sobre a humanidade e há mais histórias para contar.

Agora é primavera, poucos meses depois do final da nona temporada, quando o grupo de sobreviventes cruzou o caminho dos Sussurradores no duro inverno. As comunidades ainda estão tentando lidar com as consequências do encontro com o horrível poder de Alpha. Relutantemente, estão respeitando as novas fronteiras impostas, enquanto se organizam no estilo de uma força de milícia, preparando-se para uma batalha inevitável.

Mas, os Sussurradores são ameaças bem diferentes do que os sobreviventes já enfrentaram. Escondidos em uma massiva horda de mortos, parece algo que eles não podem vencer. A pergunta do que fazer e o medo alimentarão as comunidades e as contaminarão com paranoia, especulações, segredos e lutas internas, que vão testar os indivíduos e a sociedade. A ideia de que uma civilização pode sobreviver num mundo cheio de mortos é colocada em dúvida”, afirma a sinopse completa.

Uma das novidades é a introdução da personagem Gamma. A figura é mais uma que pertence aos Sussurradores e pode mudar a guerra de diversas formas.

The Walking Dead está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio