Reparou? Veja como Sombra e Ossos modificou personagens dos livros

Algumas coisas são diferentes na produção da Netflix

Publicadohá pouco tempo
Por Marcel
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sombra e Ossos já pode ser considerado um enorme sucesso na Netflix, agradando tanto aos fãs quanto aos críticos, mas quem leu a série de livros de Leigh Bardugo, pode notar algumas diferenças.

Acaba sendo normal em obras adaptadas da literatura, que alguns elementos da história e também algumas características dos personagens sejam mudadas para que se encaixem melhor em uma obra audiovisual.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para você que já é um grande fã da série, separamos diversas diferenças dos personagens de Sombra e Ossos da Netflix em relação a saga de livros que deu origem para a história.

Alina Starkov

A protagonista da série Alina Starkov sofreu leves mudanças. Nos livros ela é um pouco isolada socialmente por conta de ter uma aparência frágil e de ter uma personalidade introvertida.

Já na série ela acaba se isolando principalmente pela discriminação racial que sofre por ser parte Shu Han. A produção também mudou a relação de Alina com suas colegas Nadia e Marie. Enquanto na série elas são boas amigas, nos livros, Alina acha que falta responsabilidade a elas.

Malyen “Mal” Oretsev

Mal Oretsev tem uma personalidade bem diferente na série. Nos livros ele é o típico macho alfa, e acaba tendo atitudes que demonstram a sua masculinidade tóxica. Em Sombra e Ossos da Netflix, ele é bem mais sensível e é mais fácil adquirir sua confiança.

General Kirigan

O General Kirigan da série tem diferenças físicas e morais em relação aos livros. Nas obras originais ele é descrito com um personagem muito magro e pálido, que não se assemelha em nada com o que vemos na Netflix.

No romance ele não tem ambiguidade moral, sua motivação é apenas a fome de poder. Já na série sua motivação original era proteger Grisha da perseguição, mas ele foi se corrompendo com o tempo.

Zoya Nazyalensky

Apesar de continuar sendo uma personagem coadjuvante, na série da Netflix, Zoya tem mais destaque. Nos livros ela é uma mera antagonista de Alina, já na série, ela tem um relacionamento com o General Kirigan, mas ela o trai depois que ele expande a Dobra das Sombras.

Kaz Brekker

Kaz Brekker muda muito pouco em relação aos livros. Ele é o líder da gangue de Ketterdam, os Dregs, e assim como na obra original ele é extremamente frio e implacável e não mede esforços para atingir os seus objetivos.

Inej Ghafa

Inej Ghafa também tem uma personalidade muito semelhante à dos livros. Ela é silenciosa, e extremamente perigosa e mortal. A série faz questão de mostrar inclusive o treinamento anterior de Inej como acrobata quando ela, Kaz e Jesper fingem que são artistas para entrar no Pequeno Palácio.

Jesper Fahey

Assim como Kaz e Inej, Jesper Fahey permanece muito fiel aos livros. Na série ele continua sendo um excelente atirador, e continua tendo problemas com apostas em jogos de azar.

O que acaba se diferenciando um pouco da obra original, é que na série ele fica mais próximo de Inej do que de Kaz, além disso, o seu personagem acaba servindo como alívio cômico em diversos momentos.

Nina Zenik e Matthias Helvar

A história de Nina Zenik e Matthias Helvar é bem fiel a contada nos livros. A única diferença é que na obra de origem os encontros dos dois são contados em flashbacks e na série eles acontecem em tempo real.

A personalidade dos dois permanece também intacta, enquanto Nina é engraçada e sempre alegre, Matthias é um homem duro e sério, pois é um soldado e foi treinado para agir assim.

A série muda alguns personagens, enquanto deixa outros exatamente iguais aos livros, e esse equilíbrio entre o respeito à obra original e a adição de detalhes necessários, vem ajudando a produção a ser esse grande sucesso.

Sombra e Ossos está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio