Snowpiercer: Netflix matou 142 personagens na 2ª temporada; veja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS

Expresso do Amanhã (Snowpiercer) não parecia ser uma série com muitas mortes. Porém, a produção exibida pela Netflix impressiona.

Mesmo com a população do mundo em extinção, com os últimos sobreviventes em um enorme trem, Expresso do Amanhã faz muitas vítimas. Na segunda temporada, 142 personagens foram mortos na Netflix.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos, obviamente, foram figurantes ou personagens com menor participação. Mas, Expresso do Amanhã também entregou grandes mortes nesse grupo.

Outro fato que impressiona é que a segunda temporada, mesmo com um enorme número, matou menos que a primeira. No ano inicial na Netflix, 300 personagens foram mortos após a guerra no Snowpiercer.

Assim, com apenas duas temporadas, a série chega a marca de 442 mortos.

Mortes em Expresso do Amanhã

A segunda temporada na Netflix contou com muitos momentos chocantes. Um foi antes do Snowpiercer funcionar, em flashback mostrado no sexto capítulo.

Nele, seis cientistas e seis familiares deles são assassinados pelo Senhor Wilford. As mortes são mostradas porque são os motivos finais para fazer com que Melanie roube o trem o chefe.

Da mesma forma, Expresso do Amanhã revela que Wilford ordenou a morte de 100 pessoas no Big Alice. O trem menor tinha 200 passageiros, mas o vilão quis ser um Thanos da Marvel e reduzir a população pela metade por conta da limitação de recursos.

No presente, outras mortes foram registradas. Na estreia da segunda temporada na Netflix, oito personagens foram mortos no primeiro confronto dos trens, sendo Icy Bob o principal assassino aqui.

Depois, no quinto episódio, oito dos nove personagens que faziam parte dos leais a Wilford no Snowpiercer foram assassinados. O massacre acontece porque eles foram acusados de atacar e mutilar Lights – quando, na verdade, eram inocentes.

Depois, no nono capítulo, os oito assassinos desse massacre acabam mortos pelo Senhor Wilford. Após essas mortes, há os destinos trágicos individuais, que foram os mais impactantes em Expresso do Amanhã.

Entre as vítimas estão o Pastor Logan e Icy Bob. Depois, existem os mistérios. Três personagens podem ou não ter morrido: Javi, Boki e Melanie.

O primeiro foi enviado para trabalhar no Big Alice e traiu Wilford, fazendo com que levasse uma grande surra dos capangas dele e depois fosse atacado pelo cão do vilão. Ninguém sabe se o maquinista está morto ou vivo.

Enquanto isso, Boki pode ter morrido na explosão da missão final dele – o que não é confirmado. O mesmo vale para Melanie, que parece ter morrido ao ficar sem recursos. Por hora, os personagens são colocados entre as vítimas.

Expresso do Amanhã na Netflix

Na trama de Expresso do Amanhã, um experimento para impedir o aquecimento global falha e uma nova era do gelo toma conta do planeta Terra. Os únicos sobreviventes estão a bordo de uma imensa máquina chamada Snowpiercer.

Lá, os mais pobres vivem em condições terríveis, enquanto a classe rica é repleta de pessoas que se comportam como reis. Até o dia em que um dos miseráveis resolve mudar o status quo, descobrindo todos os segredos deste intrincado maquinário.

A série de Expresso do Amanhã tem Daveed Diggs (Black-ish) como protagonista, além de Jennifer Connelly.

O ator vive o ex-detetive Layton. Com receio de se juntar ao motim que acontece nos fundos do trem, o personagem pode se tornar útil para os comandantes do expresso. Enquanto isso, a atriz é Melanie, que faz parte do comando do trem.

A história é baseada nos quadrinhos chamados O Perfuraneve.

Expresso do Amanhã (Snowpiercer) tem duas temporadas na Netflix. O terceiro ano ainda não tem previsão de estreia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio