Temporada final de The Walking Dead será a maior de todas; veja

Produtora adianta o que podemos esperar do começo da 11ª temporada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A 11ª e última temporada de The Walking Dead tem tudo para ser uma das mais épicas da série.

Em entrevista ao TV Line, a produtora principal de The Walking Dead, Angela Kang, adiantou que já no seu começo a temporada será “rock and roll”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Estamos de volta a ser grandes e abrangentes”, prometeu Kang. “Haverá uma sensação de que as coisas estão avançando na primeira metade [da temporada de 24 episódios]. Então vamos buscar um tom diferente do que estamos acostumados na série, e espero que seja divertido para o público”, acrescentou.

The Walking Dead já serviu drama, terror, ação e romance, portanto, podemos esperar um alívio cômico e episódios mais leves? Segundo a produtora, “acho que toda essa mistura”.

“E à medida que conhecermos um novo tipo de comunidade, cada história terá sua própria vibe”, continua Kang. “Então, algumas dessas histórias podem entrar em tipos de gêneros que não foram muito explorados no programa”.

A produtora de The Walking Dead finaliza dizendo que os fãs podem esperar “coisas novas mesmo sendo a última temporada” da série, junto com a sensação de que “estamos seguindo em frente”.

O fim de uma era

O cancelamento de The Walking Dead está mais para recomeço do que um encerramento.

Verdade seja dita, muitos fãs abandonaram a série principal há muito tempo. Com a queda de audiência, a série principal deixou de se tornar uma prioridade. Muitos fãs, por exemplo, estavam muito mais ansiosos pela trilogia de filmes de Rick Grimes (Andrew Lincoln) que por novas temporadas de The Walking Dead.

Os produtores parecem ter entendido isto. Compreendendo que a série principal vinha “morrendo” a cada ano, eles aparentemente decidiram descartá-la para focar em histórias que podem chamar mais a atenção dos fãs.

Uma série derivada de Carol (Melissa McBride) e Daryl (Norman Reedus) está em desenvolvimento, com lançamento marcado para 2023, e os fãs também terão um seriado antológico chamado Tales of the Walking Dead, que pode até contar com o retorno de personagens que já foram mortos.

Além disso, a trilogia de filmes de Rick continua sendo uma prioridade. A distribuição ficará por conta da Universal Pictures, mesmo estúdio de Velozes e Furiosos e Jurassic World.

Portanto, o “cancelamento” de The Walking Dead está mais para uma mudança de planos, que busca revitalizar a franquia, dando fim a uma era e começo a outra. Este universo compartilhado continuará mais vivo do que nunca.

As 10 primeiras temporadas de The Walking Dead estão disponíveis na Netflix.

A 11ª e última temporada estreia em 22 de agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio