The Crown: Morte de Príncipe Philip afeta série na Netflix? Entenda

Nas redes sociais, fãs começaram a comentar sobre futuro da série que aborda realeza britânica

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O dia 9 de abril fica marcado pela morte do Príncipe Philip do Reino Unido. Nas redes sociais, fãs logo lembraram de The Crown, na Netflix.

A série aborda a realeza britânica acompanhando a história da Rainha Elizabeth II. Ela e o falecido marido são personagens essenciais para trama da produção.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a morte, muitos comentários nas redes sociais davam conta de que os “roteiristas de The Crown estão correndo” com a informação. A série, de fato, desenvolve as duas temporadas finais.

No momento de dor, obviamente, produções ficam em segundo plano. Porém, a morte do Príncipe Philip não muda The Crown como muitos fãs da Netflix estão imaginando.

Peter Morgan, um dos criadores, já comentou sobre isso. O escritor comentou que eventos do presente não serão adicionados em The Crown.

O drama histórico não tem como objetivo chegar a situação de Harry e Meghan Markle, e agora na morte de Philip. Assim, os eventos das temporadas finais continuam os mesmos.

“Eu acho que há uma certa diferença de tempo para você escrever. Se você escrever, automaticamente vira muito jornalístico pela proximidade do tempo. Se você espera uma geração, você pode escrever como um drama”, declarou Morgan para Entertainment Weekly.

A morte de Philip

A notícia da morte foi confirmada pelo Palácio de Buckingham. A declaração oficial da realeza britânica não especificou a causa da morte do duque de Edimburgo.

“É com profunda tristeza que sua majestade, a Rainha, anuncia a morte de seu amado marido, sua alteza real, o príncipe Philip, duque de Edimburgo”, começa a declaração, divulgada por Manori Ravindran, da Variety.

“Sua alteza real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor. Novos anúncios serão feitos oportunamente. A família real se junta a pessoas de todo o mundo no luto pela sua perda”, continua o comunicado oficial.

O príncipe Philip estava com saúde fraca antes de ter falecido e chegou a ser hospitalizado em 16 de fevereiro de 2021. Ele permaneceu internado por um mês, tendo recebido alta em 16 de março.

Philip e a rainha Elizabeth são casados desde 1947. Ele nasceu na Grécia, filho do príncipe Andrew da Grécia e Dinamarca e da princesa Alice de Battenberg. Sua família foi exilada quando ele era ainda jovem.

Depois de receber sua educação na França e Alemanha, Philip se juntou à marinha britânica em 1939.

Ele abandonou seus títulos da realeza grega e da Dinamarca e se naturalizou britânico, a fim de casar com a rainha Elizabeth.

Recentemente, o príncipe Philip foi interpretado por dois atores diferentes na série The Crown, da Netflix. Nas duas primeiras temporadas, ele foi vivido por Matt Smith. Já na terceira e quarta, Tobias Menzies assumiu o papel.

Nas duas últimas temporadas, Jonathan Pryce será a figura histórica.

The Crown segue disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio