The Walking Dead volta às origens na temporada final; veja

Showrunner falou sobre o que podemos esperar do fim da série

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Walking Dead é uma das séries de maior audiência de todos os tempos. Apesar de ter perdido sua liderança nos últimos anos, ela continua atraindo milhares de pessoas ao redor do mundo. Nada mais justo, portanto, que termine com um estouro.

A décima temporada trouxe eventos grandiosos envolvendo a guerra contra os sussurradores. Vimos grandes batalhas, muita tensão e alguns eventos traumáticos. Os seus episódios finais, contudo, foram menores em escopo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isso ocorreu em razão da pandemia de COVID-19. Os capítulos adicionais da temporada foram gravados em meio à pandemia e trouxeram histórias mais contidas, realizadas na intenção de preencher o espaço entre a 10ª e a 11ª temporada, que será a última.

Em razão das regras de distanciamento social, visando a segurança da equipe e elenco, vimos histórias com poucos personagens, aprofundando-se em alguns ícones de The Walking Dead, como Daryl, Carol e Negan.

Temporada grandiosa

Apesar de também estar sendo gravada em meio à pandemia, a 11ª temporada será diferente. O escopo grandioso da série vai retornar, como sempre foi o caso desde suas origens. Dessa vez a equipe já está mais acostumada a lidar com a pandemia e já sabe a melhor forma de seguir com o trabalho de maneira segura.

“Em termos muito gerais, direi que na 11ª temporada, vamos voltar para nosso escopo e escala usuais a que as pessoas estão acostumadas”, disse a showrunner Angela Kang à EW.

“Então, vamos começar a ver mais histórias de novo, como o primeiro episódio – tem todo mundo no episódio. E toneladas de zumbis e muita ação, diversão e intriga, e locais que nunca vimos. Coisas assim. Então, apenas estilisticamente, haverá uma mudança em relação a esses últimos seis episódios que acabamos de assistir em nossa temporada normal”.

A showrunner de The Walking Dead também falou sobre o que podemos esperar desses novos capítulos em relação a trama.

“Estaremos lidando com o novo grupo que nosso quarteto de Eugene, Ezekiel, Princess e Yumiko cruzou e que começa a abrir seu mundo de maneiras maiores e inesperadas. Então, é claro, vimos que Connie está ainda viva no final do episódio 16, então ainda temos esse tópico para tratar”.

“Temos algumas ótimas histórias em Alexandria, pois eles estão lidando com as consequências desta guerra dos sussurradores e as coisas começam a aumentar ainda mais mais adiante. Então, tudo continua rolando a partir daí”, continuou a showrunner.

Destino dos personagens clássicos

Angela Kang também indicou que veremos algumas histórias intrigantes sobre os personagens de longa data do seriado.

“Temos algumas coisas realmente intrigantes para Daryl”, disse Kang. “Vamos colocá-lo em um contexto muito diferente do que ele estava antes”.

“Há uma grande e importante história que tem a ver com Maggie e Negan”, prometeu Kang. “E eu acho que deve ser fascinante. Esses dois são realmente ótimos juntos”.

A showrunner de The Walking Dead ainda indicou que veremos mudanças em Negan nessa 11ª temporada. Kang diz que a memória de Lucille, sua esposa, mudou algo no antigo Salvador.

“Ele chegou ao ponto em que se lembrou de que ela queria que ele lutasse, e ela entendeu a importância de estar com outras pessoas. uma das coisas que ela diz a ele: ‘Não podemos fazer isso sozinhos. Isso nunca vai acontecer’”.

“Negan está realmente pensando sobre o legado de sua esposa e o que ela esperava para os dois e o que ela esperava para ele e decidiu: ‘Quer saber? Ganhei meu lugar aqui e vou provar que eu tenho um lugar aqui. E se isso significa que eu tenho que enfrentar Maggie, mesmo que seja algo que seja desconfortável para eu enfrentar, e eu não queira fazer isso é isso que eu tenho de fazer’”.

Temporada final ganha data

Os episódios adicionais da 10ª temporada de The Walking Dead foram todos exibidos levando os fãs de volta à espera por novas histórias desse universo. Felizmente, já sabemos quando a série retornará às telinhas.

Por meio de teaser compartilhado nas redes sociais de The Walking Dead e, também, após a exibição do episódio Here’s Negan, a data de estreia da 11ª e última temporada do seriado na TV foi revelada.

A série estreia o seu ano final em 22 de agosto de 2021 e, sim, Jeffrey Dean Morgan faz parte do elenco fixo dessa última temporada, reprisando o papel de Negan, que teve sua história de origem contada no episódio final do 10º ano.

“Saindo dos seis episódios adicionais da 10ª temporada, que se concentraram em histórias menores e direcionadas aos personagens, estamos animados para começar a 11ª temporada maior do que nunca”, disse Angela Kang, showrunner e produtora executiva de The Walking Dead.

“As apostas serão altas – veremos mais zumbis, toneladas de ação, novas histórias intrigantes, locais nunca antes vistos e nossos grupos juntos em uma comunidade pela primeira vez, tentando reconstruir o que os Sussurradores tiraram deles”, continuou a showrunner.

Scott Gimple, responsável pela construção do universo de The Walking Dead na AMC tinha o seguinte a dizer sobre essa temporada final.

“O capítulo final de The Walking Dead começa com oito episódios cheios de ação que apresentarão o enorme escopo e escala que os fãs esperam desse universo. Estou emocionado em compartilhar isso e os fãs não terão que esperar muito para esses novos episódios incríveis estrearem neste Verão”.

Veja o teaser da 11ª temporada, abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio