Você precisa ver ISSO antes de assistir Sombra e Ossos, na Netflix

As inspirações literárias do mais novo sucesso da plataforma

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Seguindo a tendência de algumas das produções mais bem sucedidas da Netflix, Sombra e Ossos adapta para a TV uma saga de livros de fantasia, escrita por Leigh Bardugo. A produção já estreou e está fazendo o maior sucesso na plataforma!

Sombra e Ossos acompanha a história de Alina Starkov, jovem soldado que luta contra criaturas das trevas em um mundo marcado pela magia e violência. Ao descobrir uma habilidade única, a protagonista vai fazer de tudo para unificar sua terra e derrotar as forças do mal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O elenco da série é encabeçado por Jessie Mei Li (Last Night In Soho) como a protagonista Alina, e traz também Ben Barnes – o Príncipe Caspian de As Crônicas de Nárnia – como o perigoso General Kirigan.

O site Looper revelou tudo que você precisa saber antes de assistir Sombra e Ossos na Netflix!

Fantasia literária

Assim como várias outras séries de fantasia, Sombra e Ossos é uma adaptação de uma saga literária, aos moldes de Game of Thrones e The Witcher. Ao invés de se basear em apenas uma história, a produção traz elementos de suas sagas específicas, ambas escritas pela autora Leigh Bardugo.

Bardugo é a criadora do “Grishaverso”, um universo de fantasia que conta com uma trilogia, duas duologias, oito histórias curtas e dois livros derivados. A série da Netflix se baseia na trilogia original Grisha e os livros de Six of Crows.

O mundo de Grisha

Sombra e Ossos é ambientado no reino de Ravka, um território tomado por uma guerra incessante. O cenário imperial é inspirado na Rússia Czarista da Dinastia Romanov. A região governada por uma monarquia é dividida ao meio e desenvolve várias células rebeldes na região de West Ravka.

A série também introduz os fãs a Ketch, uma pequena ilha que tem como capital a cidade de Ketterdam, lar de um grupo de charmosos golpistas que desempenham um papel importante na história.

Também existe o reino de Fjerda, uma região ao norte de Ravka que não faz parte do reino original. O povo desse local é bastante desconfiado, e tem costumes que lembram os dos Vikings.

O papel da Magia

A protagonista de Sombra e Ossos é Alina Starkov, uma órfã cartógrafa que se descobre a Invocadora do Sul, um tipo de feiticeira há muito extinta nesse universo. A personagem é levada para Grisha, uma ordem de magos cuja magia é conhecida como “Pequena Cicência”.

Os Grisha são divididos em três categorias: Corporalki (magos que podem manipular o corpo humano), Materialki (com poder de manipulação de materiais como madeira, vidro e metal) e Etheralki (que conseguem manipular os elementos da natureza).

A grande ameaça

O reino de Ravka foi dividido ao meio pela Unsea, uma misteriosa entidade formada apenas da mais pura escuridão. As origens da criatura são incertas para os Ravkans, mas todos conhecem o perigo que o estranho monstro causa. A ação de Unsea torna impossível a navegação pelos confins do reino, o que acaba criando uma região dividida e instável.

A criatura temida descansa na região do Fold, que não é temida apenas pela escuridão sentiente, mas também é guardada pelo terrível monstro alado Volcra. Como a protagonista Alina tem a habilidade de invocar a luz, a personagem se torna uma arma essencial na batalha contra as forças das trevas.

Sombra e Ossos já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio